14 de julho de 2024 Atualizado 17:19

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Esporte

Zinho e Elano apostam em título da Copa América para o Brasil com vingança contra a Argentina

Por Agência Estado

07 de junho de 2024, às 08h03

A 48ª edição da Copa América começa no dia 20 de junho, nos Estados Unidos, e o Brasil tentará recuperar o título perdido para a Argentina na edição passada, em pleno Maracanã. Nesta quinta-feira, a bela taça que será entregue ao campeão esteve exposta ao público em evento no shopping Morumbi e dois finalistas da competição, os meias Zinho e Elano, mostraram confiança em um título verde e amarelo e sobre a rival Argentina na final.

Patrocinadora da competição, a Betano ainda viu o piloto Felipe Massa, ex-Fórmula 1 e atualmente na Stock Car, aparecer para prestigiar o evento com o filho Pipo, apaixonado por futebol e que queria ver a taça de perto. “É uma honra estar com nosso tetracampeão”, afirmou o piloto, ao lado de Zinho, e também confiante em título brasileiro.

“Estarei nos Estados Unidos para acompanhar a semifinal e a final e espero que seja para comemorar o título do Brasil”, se entusiasmou Massa, também patrocinado pela plataforma de apostas esportivas.

Zinho foi vice-campeão da Copa América de 1995, perdendo o título para o Uruguai nos pênaltis, e não pôde encostar na taça. Apenas campeões podiam tocá-la, como explicava o segurança responsável por “protegê-la”. Regras da Conmebol. Elano ganhou em 2007 em final contra “a melhor Argentina da história”. Sabia a escalação inteira dos rivais e citou um a um.

“Ganhamos com imposição, por 3 a 0 em uma grande apresentação. Eles tinham um timaço e não demos chance”, lembrou, já confiante que o título volta para o Brasil agora após falha na decisão de 2021, com revés de 1 a 0 no Maracanã.

“O Brasil vai fazer a final com a Argentina e vai ser campeão. Será uma vitória por 2 a 1 e Rodrygo será o destaque”, projetou Elano. E o Vini Júnior também. “Ele já ganhou a Bola de ouro, deixa para o Rodrigo”, seguiu, garantindo que o atacante de Real Madrid será o melhor do planeta.

Com a camisa da Betano e enorme empolgação, Zinho também revelou seu apoio à seleção nacional. “Sou ex-jogador, bastante competitivo e torcedor. Vamos nos vingar da Argentina na final e essa taça voltará ao Brasil. Temos de acreditar e a seleção está bem armada pelo Dorival.”

O atual comentarista da ESPN tem grande apreço pelo treinador, com o qual jogou no Palmeiras e ainda ajudou na sua contratação para treinar o Flamengo. “A expectativa é boa, em um treinador que confio muito.”

Publicidade