16 de julho de 2024 Atualizado 08:50

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Esporte

Verstappen lamenta azar no Q1 e diz que fará corrida de ataque no GP da Inglaterra de F-1

Por Agência Estado

06 de julho de 2024, às 17h41

Líder disparado do campeonato, Max Verstappen afirmou que sofreu “muitos danos no piso” de seu carro no início do treino de qualificação para o GP da Inglaterra de Fórmula neste sábado e que isso lhe custou a chance de conquistar a pole position.

O piloto perdeu o controle de seu Red Bull na curva Copse no Q1, quando trocou pneus intermediários por slicks em uma sessão que chovia e parava. Ele saiu da pista e passou pelo cascalho. “Foi um pouco de azar”, disse ele. “Reduzi a velocidade, mas perdi o carro e quase bati.”

Verstappen disse que a Red Bull fez um ótimo trabalho ao tentar reparar o carro, mas que teve que lutar com o equilíbrio do carro. “O piso é uma parte extremamente importante do carro”, afirmou. “No final das contas, estou muito feliz por estar em quarto lugar.”

Depois de dizer que “com certeza” estaria na luta pela pole se não tivesse o azar no Q1, Verstappen declarou que “tudo é possível” no domingo. “É claro que eu gostaria de largar na frente, mas podemos fazer uma corrida de ataque e ver se conseguimos colocá-los sob pressão na frente.”

Companheiro de equipe de Verstappen, Sergio Perez também teve problema na curva Copse no Q1 e ficou com o carro parado na brita e desistiu do treino. “É muito frustrante”, disse o mexicano, que largará em 19º no grid, ganhando vaga devido à penalidade Pierre Gasly. “Decepcionei toda a minha equipe. Fui o primeiro, ou um dos primeiros, a usar pneus slick.”

Ele explicou que perdeu o controle do carro porque os pneus estavam frios. “Fui pego de surpresa pelas condições”, afirmou ele, completando que é muito difícil fazer qualquer coisa quando entra na brita.

Publicidade