Vettel e Leclerc projetam evolução da Ferrari para brigar pela pole com Mercedes


O monegasco Charles Leclerc e o alemão Sebastian Vettel ficaram satisfeitos com os terceiro e quarto tempos, respectivamente, nos treinos livres obtidos pela Ferrari, nesta sexta-feira, no circuito da Catalunha, nos arredores de Barcelona. Os dois pilotos da tradicional equipe italiana confiam que podem brigar neste sábado pela primeira fila no treino oficial.

Quinto na classificação do Mundial, Leclerc, de 21 anos, a sensação da temporada, aposta em um bom desempenho da Ferrari na briga pela pole position com a Mercedes, que dominou as atividades, com o finlandês Valtteri Bottas sendo o mais rápido das duas atividades, à frente do britânico Lewis Hamilton, seu companheiro de equipe.

“Hoje nos concentramos em entender o novo pacote e concluir todos os testes que havíamos planejado. No geral, o carro tem potencial, e estamos em boa forma. Vamos pressionar muito para desafiar nossos adversários e levar um bom resultado na qualificação”, disse Leclerc.

Vettel, terceiro no campeonato e quarto nos treinos desta sexta-feira, disse estar “feliz”, mas admitiu que “a ordem real das equipes só será vista neste sábado”. “No que se trata de melhorias aerodinâmicas e de motores, posso dizer que estamos felizes”, afirmou o quatro vezes campeão mundial. “Eu diria que ainda não estamos onde gostaríamos, especialmente nas curvas lentas. Então acho que ainda temos algum trabalho a fazer antes de estarmos pronto para a qualificação e a corrida”, afirmou o alemão, vencedor de 52 corridas e dono de 55 poles.

A Ferrari tenta evitar que a Mercedes obtenha a quinta dobradinha consecutiva na temporada. Até agora cada piloto da equipe alemã venceu duas vezes. O treino oficial no Circuito da Catalunha tem início previsto para as 10 horas (de Brasília) de sábado. A corrida, no domingo, começará às 10h10.

Após quatro corridas, Bottas soma 87 pontos, contra 86 de Hamilton, seu companheiro de equipe. Vettel é o terceiro, com 52 pontos, um a mais do que Max Verstappen, da Red Bull. Leclerc acumula 47.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!