Leclerc estreia na Ferrari e é o mais rápido no último dia de testes em Abu Dabi

A estreia na Ferrari não poderia ser melhor. Nesta quarta-feira, no segundo e último dia de testes coletivos da Fórmula…


A estreia na Ferrari não poderia ser melhor. Nesta quarta-feira, no segundo e último dia de testes coletivos da Fórmula 1, organizados pela Pirelli, no circuito de Yas Marina, em Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos, o monegasco Charles Leclerc fez o melhor tempo do dia, com 1min36s450, e desbancou até o seu novo companheiro de equipe, o tetracampeão alemão Sebastian Vettel, que havia sido o mais rápido na última terça.

Contratado para o lugar do finlandês Kimi Raikkonen, que pilotará uma Sauber em 2019, Leclerc teve um bom desempenho na atividade realizada pela manhã e melhorou ainda mais à tarde, quando conseguiu o melhor tempo. No total, o piloto de Mônaco completou 135 voltas em Abu Dabi, dando bons parâmetros para os engenheiros da Ferrari com o uso de pneus hipermacios.

“Claro que foi emocionante. Porque pilotar uma Ferrari é especial e porque era um dia que estava esperando há muito tempo sem ter a certeza se um dia isso iria acontecer”, destacou o jovem piloto, que foi um dos destaques de 2018 correndo pela Sauber. “Estou satisfeito com isso e com o trabalho que fizemos. Todo o nosso programa foi baseado na comparação de testes entre os pneus deste ano e do ano que vem”, afirmou.

Com a ansiedade pela estreia para trás, Leclerc espera que a adaptação à nova casa aconteça o mais rápido possível. “Ao longo das próximas semanas, vou trabalhar para estar na melhor forma possível e aprender com todos na equipe e meu companheiro. Mal posso esperar para a próxima temporada começar”, concluiu.

A segunda colocação nos testes coletivos desta quarta-feira ficou com outro piloto estreante em uma equipe. Pela Red Bull, onde substituirá o australiano Daniel Ricciardo, o francês Pierre Gasly fez o tempo de 1min37s916, quase 1s5 atrás de Leclerc, na melhor de suas 129 voltas. O canadense Lance Stroll, que trocou a Williams pela Force India, foi o terceiro com 1min38s044.

Quem mais aproveitou os testes para andar por mais tempo em Abu Dabi foi a Toro Rosso com Daniil Kvyat. O piloto russo completou 155 voltas e seu melhor tempo foi de 1min38s862, terminando o dia na oitava colocação. O espanhol Carlos Sainz Jr., da McLaren, também correu bastante (150 giros) e foi o quinto mais rápido (1min38s547), atrás do finlandês Valtteri Bottas, da Mercedes, que fez 1min38s448.

Depois de problemas na atividade da manhã, a Williams definiu o polonês Robert Kubica, que volta à Fórmula 1 depois de oito ano, ficasse por mais uma hora na pista à tarde antes de entregar o carro para o britânico George Russell. O piloto da Polônia foi apenas o 10.º colocado, com 1min40s266, e o seu companheiro teve um desempenho melhor – em sétimo, com 1min38s836.

A partir de agora, as equipes de Fórmula 1 entram em férias, pelo menos das pistas, e só colocarão seus carros em ação novamente em fevereiro, quando acontecerão dois períodos de treinos de pré-temporada no circuito de Montmeló, em Barcelona, na Espanha – a primeira entre os dias 18 e 21 e a segunda do dia 26 até 1.º março. O Mundial de 2019 começará em 17 de março com o GP da Austrália, nas ruas de Melbourne.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!