Hamilton supera Verstappen e lidera 1º treino livre na Hungria


Dominante na temporada 2019 da Fórmula 1, Lewis Hamilton tentou demonstrar logo no primeiro treino livre para o GP da Hungria que o decepcionante resultado do último fim de semana na Alemanha não deverá mudar esse roteiro. Para isso, nesta sexta-feira, no Hungaroring, o piloto britânico da Mercedes liderou a atividade inicial preparatória para a 12ª das 21 etapas do campeonato.

Naquele que foi o seu pior resultado em 2019, Hamilton fechou o GP da Alemanha apenas na nona colocação. Mas agora está em um GP que costumeiramente domina, tanto que ganhou a prova húngara em 2018, chegando aos seis triunfos nessa corrida e sendo o seu maior vencedor.

A volta por cima de Hamilton, portanto, pode se dar no GP da Hungria. E o britânico dominou o primeiro treino livre, tendo sido o piloto a dar mais voltas na sessão – 41. E, na melhor delas, cravou o tempo de 1min17s233, fechando a atividade, que teve uma leve garoa, na primeira posição.

Quem mais se aproximou de Hamilton foi Max Verstappen. O holandês da Red Bull vem embalado por duas vitórias nas últimas três corridas, incluindo o GP da Alemanha. E ficou na segunda posição com a marca de 1min17s398. Teve, assim, vantagem mínima, de apenas 0s001, para o terceiro colocado, o alemão Sebastian Vettel, da Ferrari.

Após abandonar o GP da Alemanha, o francês Pierre Gasly foi o quarto colocado, com 1min17s682, a quase 0s3 de Verstappen, o seu companheiro de equipe na Red Bull. E o dinamarquês Kevin Magnussen, da Haas, se destacou entre os pilotos que compõem o pelotão intermediário da Fórmula 1 ao fechar a sessão em quinto lugar, sendo o último piloto a cravar uma volta em menos de 1min18 – 1min17s942.

O monegasco Charles Leclerc, da Ferrari, ficou na sexta colocação, à frente do alemão Nico Hulkenberg, da Renault, e dos dois pilotos da McLaren, o britânico Lando Norris e o espanhol Carlos Sainz Jr. E o finlandês Kimi Raikkonen, da Alfa Romeo, fechou a relação dos dez primeiros colocados da atividade inicial do GP da Hungria.

Vice-líder do campeonato, o finlandês Valtteri Bottas teve problemas com o motor da sua Mercedes logo em sua primeira saída para a pista, sendo o único piloto a não registrar voltas rápidas no primeiro treino livre no Hungaroring.

O segundo treino livre será disputado a partir das 10 horas (de Brasília) desta sexta-feira, mesmo horário da sessão de classificação no sábado. A largada do GP da Hungria está agendada para as 10h10 de domingo.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora