Com pandemia do coronavírus, F-1 decide adiar GPs da Holanda, Espanha e Mônaco


Em uma decisão que já era esperada, a Fórmula 1 anunciou nesta quinta-feira o adiamento de mais três corridas da temporada de 2020. Por conta da pandemia do novo coronavírus, denominado Covid-19, a organização da F-1 adiou os GPs da Holanda, Espanha e Mônaco. Com isso, são atualmente sete as etapas afetadas e a expectativa é que o Mundial tenha início somente na oitava corrida do ano, no GP do Azerbaijão, em 7 de junho.

A corrida na Holanda, que marcaria a volta do país e do circuito de Zandvoort após 25 anos, seria realizada no dia 3 de maio. O GP da Espanha, no circuito da Catalunha, em Barcelona, onde foram realizados os testes de pré-temporada, aconteceria no domingo seguinte. E o tradicional GP de Mônaco, nas ruas de Montecarlo, seria disputado em 24 de maio.

“Por causa do contágio global do Covid-19 e após discussões com a FIA (Federação Internacional de Automobilismo) e os três promotores dos eventos, hoje (quinta-feira) foi confirmado que os GPs da Holanda, Espanha e Mônaco serão adiados. A F-1, FIA e os três promotores tomaram essa decisão para garantir a segurança e saúde dos profissionais das equipes, pilotos e fãs, algo que permanece como nossa prioridade”, informou a nota oficial.

Antes destas três corridas, na semana passada a Fórmula 1 já tinha cancelado o GP da Austrália, que seria realizado no último domingo, e adiado as três etapas seguintes na Ásia: Bahrein, Vietnã e China. Este último, em Xangai, teve a definição de seu adiamento anunciada ainda em fevereiro.

Com as provas adiadas e as férias movidas para março e abril, em decisão tomada na última quarta-feira, a categoria ao menos vai ter mais tempo para encaixar as corridas durante o segundo semestre.

“Fórmula 1 e FIA continuarão a trabalhar em conjunto com os promotores afetados e com as autoridades locais para monitorar a situação com o tempo adequado para estudar datas alternativas para cada GP ao longo do ano, caso a situação melhore. A F-1 e a FIA esperam começar o campeonato de 2020 assim que for seguro para tal após maio e seguirão monitorando a situação do Covid-19”, encerrou a nota.

O último levantamento da Organização Mundial da Saúde (OMS) apontou 227.310 casos confirmados de coronavírus no mundo com 9.311 mortes. A Espanha aparece em quarto no ranking com 15.014 infectados, enquanto que a Holanda já teve 2.056 e o Principado de Mônaco apresentou sete, entre eles o Príncipe Albert.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora