13 de julho de 2024 Atualizado 00:27

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Esporte

Vasco aproveita expulsão, vence Fortaleza e se mantém fora da zona de rebaixamento

Por Agência Estado

03 de julho de 2024, às 23h54

O Vasco teve uma vitória tranquila e ampliou sua sequência invicta em São Januário. Na noite desta quinta-feira, recebeu o Fortaleza e venceu por 2 a 0, aproveitando uma expulsão adversária ainda no primeiro tempo. A partida foi válida pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Antes do jogo, um fator marcante ocorreu. O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, esteve em São Januário para sancionar a lei do potencial construtivo, que permitirá a reforma e ampliação do estádio vascaíno. As obras estão previstas para iniciarem ao fim da temporada.

Na partida, Hércules foi expulso no fim do primeiro tempo e deixou o Fortaleza com um a menos. O Vasco, que já dominava bem o jogo, foi efetivo para vencer com gols de Mateus Carvalho e Vegetti, um dos artilheiros da competição.

Agora, o Vasco está há quatro jogos sem perder no ‘Caldeirão’, sendo duas vitórias e dois empates. Com isso, chegou a 14 pontos e se manteve fora da zona de rebaixamento. O Fortaleza, que estava invicto há quatro jogos sem vencer, sendo três vitórias, segue com 20 pontos.

O jogo começou movimentado, mas as chances não foram tão perigosas. Logo no começo, o meia Payet sentiu um incômodo muscular e precisou ser substituído por JP.

A chance mais perigosa do Vasco foi em cabeçada de Vegetti, mas João Ricardo salvou. O Fortaleza respondeu com Breno Lopes. Após saída errada de bola, o atacante invadiu a área e chutou no alto, mas Léo Jardim fez grande defesa.

No fim do primeiro tempo, dois lances mudaram completamente o jogo. Aos 39, Hércules deu entrada dura em Adson, impedindo contra-ataque e foi expulso direto, deixando o Fortaleza com um a menos.

Aos 47, o Vasco abriu o placar com Mateus Carvalho. David recebeu na esquerda, tentou limpar e tocou para o meio. Mateus Carvalho, um pouco à esquerda da meia-lua, chutou cruzado, rasteiro e cantinho para marcar.

Na volta para o segundo tempo, Vegetti acertou a trave ao completar cruzamento, mas estava impedido. Aos 17, porém, o atacante argentino deixou sua marca. Após cobrança de escanteio de Lucas Piton, ele subiu alto para completar de cabeça e fazer 14º gol na temporada e sexto Brasileirão, brigando pela artilharia.

Bem tranquilo, o Vasco segurou os avanços do Fortaleza, que também teve cuidado para não sofrer mais gols. Erick Marcus, do Vasco, ainda teve uma cabeçada perigosa, mas o placar não se alterou mais.

Os dois times voltam a campo no próximo domingo para a 15ª rodada. Às 16h, o Fortaleza volta a jogar em casa, na Arena Castelão, na capital cearense, diante do Fluminense.

Mais tarde, às 18h, o Vasco enfrenta o Internacional em Porto Alegre (RS), em jogo que marca a reabertura do estádio Beira-Rio após as enchentes que afetaram o Rio Grande do Sul. O time carioca não poderá contar com Lucas Piton, Maicon e Hugo Moura, que receberam o terceiro cartão amarelo nesta quarta-feira.

FICHA TÉCNICA

VASCO 2 X 0 FORTALEZA

VASCO – Léo Jardim; Paulo Henrique (Puma Rodríguez), Maicon (Robert Rojas), Léo e Lucas Piton; Hugo Moura (Zé Gabriel), Mateus Carvalho e Payet (JP); Adson, Vegetti e David (Erick Marcus). Técnico: Rafael Paiva (interino).

FORTALEZA – João Ricardo; Tinga, Brítez, Titi (Kauan) e Bruno Pacheco (Felipe Jonatan); Pedro Augusto, Lucas Sasha (Matheus Rossetto), Hércules e Pochettino (Marinho); Breno Lopes e Lucero (Renato Kayzer). Técnico: Juan Pablo Vojvoda.

GOLS – Mateus Carvalho, aos 47 minutos do primeiro tempo. Vegetti, aos 17 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Maicon, Lucas Piton, Hugo Moura e David (Vasco). Titi, Matheus Rossetto e Lucero (Fortaleza).

CARTÃO VERMELHO – Hércules (Fortaleza).

ÁRBITRO – Matheus Delgado Candançan (SP).

RENDA – R$ 756.022,00.

PÚBLICO – 14.167 pagantes (14.384 presentes).

LOCAL – Estádio de São Januário, no Rio de Janeiro (RJ).

Publicidade