Thiago Monteiro perde embalo após título e cai na estreia em torneio na Suécia


Em bom momento após ter voltado a ser Top 100 com a boa campanha em Wimbledon – furou o qualifying e caiu na estreia da chave principal para o japonês Kei Nishikori – e com o título do Challenger de Braunschweig (Alemanha), o brasileiro Thiago Monteiro perdeu o embalo nesta terça-feira ao ser derrotado logo na estreia do ATP 250 de Bastad, disputado em quadras de saibro na Suécia, para o local Elias Ymer por 2 sets a 1 – com parciais de 6/3, 2/6 e 7/5, após mais de 2 horas e 40 minutos.

Atual número 88 do mundo, Thiago Monteiro encarou o sueco pela segunda vez seguida na estreia em Bastad. No ano passado, o tenista cearense levou a melhor sobre o rival de 23 anos, que entrou na chave principal após receber um convite da organização – é apenas o 116.º colocado do ranking da ATP.

O brasileiro buscava a sua quarta vitória em torneios de nível ATP na temporada de 2019 e a 33.ª da carreira profissional. A última delas aconteceu também no saibro, no ATP 250 de Munique, na Alemanha, em maio, superando o alemão Jan-Lennard Struff depois de ter vencido dois jogos no qualifying.

Em outros jogos desta terça-feira, destaque para as vitórias de dois cabeças de chave. Quinto pré-classificado, o chileno Nicolás Jarry bateu o suíço Henri Laaksonen por 7/6 (7/1) e 7/5 e agora enfrentará o sueco Mikael Ymer, irmão mais novo do algoz de Thiago Monteiro. Com mais facilidade, o argentino Juan Ignacio Londero, sexto favorito, ganhou do compatriota Facundo Arguello por 6/3 e 6/2 – vai encarar o boliviano Hugo Dellien.

Pela chave de duplas, outra derrota brasileira em Bastad. O carioca Fernando Romboli atuou junto com o norte-americano Jamie Cerretani e foram derrtados na estreia para a parceria espanhola formada por Roberto Carballes Baena e Jaume Munar por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/2.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora