Serena, Barty e Osaka vencem com facilidade no Aberto da Austrália


As principais favoritas ao título do Aberto da Austrália não decepcionaram nesta quarta-feira, terceiro dia de competições em Melbourne. A norte-americana Serena Williams, a local Ashleigh Barty e a japonesa Naomi Osaka venceram com facilidade, sem perder sets. Ao mesmo tempo, a dinamarquesa Caroline Wozniacki adiou sua aposentadoria.

Maior candidata ao título, Serena derrotou a eslovena Tamara Zidansek por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/3, em apenas 1h18min. Contra a 70ª do ranking, a nona do mundo não perdeu o saque em nenhum momento do duelo (salvou quatro break points), disparou 25 bolas vencedoras, contra 11 da rival.

No entanto, cometeu mais erros não forçados do que de costume: foram 28, diante de 13 da eslovena. Na terceira rodada, Serena vai enfrentar a chinesa Wang Qiang, algoz da francesa Fiona Ferro por 6/1 e 6/2. Em Melbourne, onde venceu pela última vez em 2017, a norte-americana busca igualar o recorde de títulos de Grand Slam, que pertence atualmente à australiana Margaret Court, dona de 24 troféus.

No embalo da torcida, a local Ashleigh Barty também fez bonito nesta quarta. A número 1 do mundo superou a eslovena Polona Hercog por 6/1 e 6/4. Na terceira rodada, sua adversária será a casaque Elena Rybakina (29ª cabeça de chave), que despachou a belga Greet Minnen por 6/3 e 6/4.

Mesmo irregular, cometendo 30 erros não forçados, Naomi Osaka despachou a chinesa Zheng Saisai por 6/2 e 6/4. A número quatro do mundo e atual campeã em Melbourne vai duelar com a jovem americana Cori Gauff. A tenista de apenas 15 anos avançou na chave ao superar a romena Sorana Cirstea por 4/6, 6/3 e 7/5.

Também exibindo certa irregularidade, a checa Petra Kvitova eliminou a espanhola Paula Badosa por duplo 7/5. Número oito do mundo, ela enfrentará a russa Ekaterina Alexandrova (25ª cabeça de chave), que venceu a checa Barbora Krejcikova por 6/1 e 6/3.

Outro destaque da rodada foi a vitória de Caroline Wozniacki. A ex-número 1 do mundo, que pretende se aposentar ao fim do Aberto da Austrália, adiou sua despedida das quadras ao vencer a ucraniana Dayana Yastremska (23ª cabeça de chave) por duplo 7/5.

Avançaram ainda para a terceira rodada as norte-americanas Sofia Kenin (14ª) e Alison Riske (18ª), a chinesa Zhang Shuai, a alemã Julia Görges e a tunisiana Ons Jabeur.

Em outros válidos pela primeira rodada, em razão dos atrasos na programação devido à chuva, venceram nesta quarta-feira a belga Elise Mertens (16ª), a estoniana Anett Kontaveit (28ª), a russa Anastasia Pavlyuchenkova (30ª), a britânica Heather Watson e a espanhola Carla Suarez Navarro, algoz da bielo-russa Aryna Sabalenka (11ª).

CONFUSÃO – A vitória da grega Maria Sakkari (22ª) sobre a japonesa Nao Hibino por 7/6 (7/4) e 6/4, pela segunda rodada, foi marcada por uma confusão nas arquibancadas. A polícia local precisou conter parte dos torcedores da tenista grega. Cerca de 20 pessoas foram retiradas do complexo em razão de “mau comportamento”.

“O grupo de torcedores todos homens recebeu diversas advertências, do árbitro, dos seguranças e da polícia, durante a partida disputada na Quadra 8. Ao fim da partida, o grupo foi convidado a se retirar do complexo e o fez de forma pacífica”, anunciou a polícia local, em comunicado.

Antes, no jogo de estreia do também grego Stefanos Tsitsipas, a torcida do mesmo país havia protagonizado confusão nas arquibancadas, ao atrapalhar o rival do tenista grego. Ao fim do jogo, o próprio Tsitsipas cobrou dos torcedores um comportamento mais adequado na sequência da competição.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora