Monteiro vence Pella no Rio Open e Thiem elimina sobrinho de Meligeni


O brasileiro Thiago Monteiro está classificado às oitavas de final do Rio Open, ATP 500 disputado em quadras de saibro. Nesta terça-feira, o número 88 do mundo passou de fase em sua estreia ao derrotar o argentino Guido Pella, o 26º colocado no ranking, por 2 sets a 1, com parciais de 5/7, 6/4 e 7/6 (7/3), em 3 horas e 3 minutos.

O primeiro set da partida foi cheio de quebras de serviço – cinco. E quem se deu melhor foi Pella ao converter três de seis break points para triunfar por 7/5. Só que Monteiro deu o troco no segundo. O brasileiro quebrou o saque do argentino duas vezes, só perdeu o seu uma vez e ganhou a parcial por 6/4.

A definição da partida, então, ficou para o terceiro set. Os sul-americanos trocaram quebras de saque nos dois primeiros games, depois sustentando o saque. Até que Monteiro dominou o tie-break, abrindo 3/0 e o ganhando com facilidade por 7/3.

Foi o segundo maior triunfo da carreira do cearense, que em 2016, também no Rio Open, passou pelo francês Jo-Wilfried Tsonga, então o número 9 do mundo. Seu oponente nas oitavas de final será o húngaro Attila Balazs, que surpreendeu ao superar o uruguaio Pablo Cuevas por 6/4 e 6/3.

Vice-campeão do Aberto da Austrália, o austríaco Dominic Thiem até avançou na sua estreia no Rio Open, porém com mais dificuldades do que se previa. O número 4 do mundo precisou receber atendimento médico por causa de dores no joelho e derrotou o convidado Felipe Meligeni, 341º colocado no ranking, por 2 sets a 1, com parciais de 6/2, 4/6 e 6/1.

Thiem dominou o primeiro set, obtendo quebras de serviço no sexto e oitavo games para triunfar por 6/2. O segundo foi equilibrado, com o sobrinho de Fernando Meligeni se dando melhor no fim. Só que o terceiro foi controlado pelo austríaco, que abriu 5/0 rapidamente, ganhando por 6/1.

“Fiquei feliz com a vitória, joguei bem no primeiro e no terceiro sets, e ele fez um segundo set incrível. A atmosfera na quadra estava demais, com a arquibancada cheia, normal que a torcida estivesse do lado dele, mas também sinto que tenho uma relação especial com o público brasileiro desde que venci aqui (em 2017)”, disse Thiem.

Nas oitavas de final, seu adversário vai ser o espanhol Jaume Munar, número 99 do mundo, que derrotou o italiano Salvatore Caruso por 7/5 e 6/4. Thiem ganhou os dois confrontos anteriores com o austríaco.

Outro representante brasileiro nas oitavas de final do Rio Open, Thiago Wild terá pela frente o croata Borna Coric, número 32 do mundo, que nesta terça derrotou o argentino Juan Ignacio Londero por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/5) e 7/5.

“Vou fazer minha lição de casa e assistir jogos dele. Mas a vitória de hoje me deu confiança, porque não vinha jogando bem nos últimos seis meses e, quando vi a chave, sabia que minha estreia seria difícil”, disse Coric, admitindo não conhecer muito de Wild, de 19 anos e número 206 do mundo.

O português João Domingues, os italianos Gianluca Mager e Lorenzo Sonego, o espanhol Carlos Alcaraz Garfia, de apenas 16 anos, e o sérvio Dusan Lajovic também triunfaram nesta terça-feira, avançando às oitavas de final do Rio Open.

DUPLAS – Pela chave de duplas, Marcelo Melo e o polonês Lukasz Kubot se garantiram nas quartas de final com a vitória sobre Fernando Romboli e o húngaro Attila Balazs por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 7/5.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora