Demoliner e indiano perdem e são eliminados de torneio na grama na Turquia


O brasileiro Marcelo Demoliner está fora do ATP 250 de Antalya, disputado em quadras de grama na Turquia e que serve de preparação para Wimbledon, e não conseguiu defender o título da chave de duplas conquistado em 2018. Nesta quarta-feira, ao lado do indiano Divij Sharan, perdeu para o ucraniano Denys Molchanov e o eslovaco Igor Zelenay por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 7/5.

Com o resultado negativo, o tenista gaúcho defende apenas 45 dos 250 pontos que terá descontados na atualização do ranking da ATP na próxima segunda-feira. Atual 51.º colocado na lista individual de duplistas, Demoliner conquistou seu primeiro e único título de ATP exatamente em Antalya, em 2018, quando atuava ao lado do mexicano Santiago Gonzalez.

Na atual temporada, Demoliner já disputou uma final no saibro do ATP 250 de Munique, na Alemanha, também atuando com Divij Sharan. Ele também conquistou um título no challenger australiano de Camberra, em janeiro, junto com o francês Hugo Nys.

Na chave de simples, o sérvio Viktor Troicki está se dando muito bem em Antalya. Vindo do qualifying, se garantiu nas quartas de final ao bater o francês Benoit Paire, cabeça de chave número 1, por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/4) e 7/6 (7/5). Seu adversário será o compatriota Miomir Kecmanovic, de apenas 19 anos, que ganhou do francês Ugo Humbert, sexto pré-classificado, por 6/4 e 7/5.

Outros classificados às quartas de final em Antalya são o australiano Bernard Tomic, que vai enfrentar o espanhol Pablo Carreño Busta, quarto mais bem cotado ao título.

NA INGLATERRA – Pelo ATP 250 de Eastbourne, também em quadras de grama, os dois principais cabeças de chave, o argentino Guido Pella e o sérvio Laslo Djere, foram eliminados nesta quarta-feira. O sul-americano perdeu para o norte-americano Taylor Fritz por 2 sets a 1 – parciais de 6/4, 3/6 e 6/4 – e Djere caiu diante do italiano Thomas Fabbiano por 7/6 (7/5) e 7/6 (8/6).

Nas quartas de final, Fabbiano enfrenta o francês Gilles Simon, finalista em Queen’s na semana passada, que venceu o chileno Nicolas Jarry por 6/2 e 6/4. Já Fritz mede forças contra o polonês Hubert Hurkacz, que evitou um duelo norte-americano ao vencer Steve Johnson por 6/3 e 7/6 (8/6).

Um duelo britânico valerá vaga nas semifinais nesta quinta-feira. Terceiro cabeça de chave e número 31 do mundo, Kyle Edmund venceu o compatriota Cameron Norrie por duplo 6/2 e jogará contra Daniel Evans, 65.º do ranking, que bateu o francês Pierre-Hugues Herbert por 6/3 e 7/5.

O outro duelo das quartas envolve o espanhol Fernando Verdasco e o norte-americano Sam Querrey. O primeiro venceu um duelo equilibrado contra o argentino Juan Ignacio Londero por 6/7 (4/7), 6/3 e 7/6 (7/2). O tenista dos Estados Unidos ganhou do sérvio Dusan Lajovic com as parciais de 6/2 e 6/3.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora