02 de março de 2021 Atualizado 07:57

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Esporte

Soares avança e Melo cai na chave masculina de duplas do Aberto da Austrália

Por Agência Estado

15 fev 2021 às 10:09 • Última atualização 15 fev 2021 às 15:47

Os brasileiros que entraram em ação nesta segunda-feira pela chave masculina de duplas do Aberto da Austrália tiveram destinos opostos. Enquanto Bruno Soares avançou às quartas de final ao ganhar seu jogo, ao lado do britânico Jamie Murray, Marcelo Melo e o romeno Horia Tecau caíram nas oitavas de final.

Soares e Murray derrotaram, de virada, o italiano Simone Bolelli e o argentino Maximo Gonzalez por 2 sets a 1, com parciais de 6/7 (7/9), 6/2 e 6/4, em 2 horas e 31 minutos. Seguem, assim, embalados, pois foram campeões do ATP 250 de Melbourne no preparatório para o Aberto da Austrália, Grand Slam que venceram juntos em 2016.

“Foi um jogaço. Foram três sets e um jogo longo, de quase três horas de duração. O primeiro set foi muito no detalhe, todo mundo sacou bem e ninguém deu muitas chances. Aí fomos para o tie-break, que foi duro. Nós demos um pouco de azar no finalzinho com uma bola que bateu na fita, que era pra gente abrir 6-4, mas eles conseguiram empatar em 5-5. Eles jogaram bem os dois pontos seguintes e levaram. O bom é que conseguimos voltar com uma energia boa no segundo set e já saímos quebrando, o que foi positivo para a gente poder inverter o momento deles. E o terceiro set foi muito no detalhe. As duas duplas tiveram chances e felizmente caiu para o nosso lado”, contou o mineiro.

Agora, os próximos adversários de Soares e Murray serão o salvadorenho Marcelo Arevalo e o holandês Matwe Middelkoop, que eliminaram Marcelo Demoliner no Aberto da Austrália. “Mais uma quartas de final de Grand Slam com o Jamie. Agora temos uma partida contra uma dupla que vem jogando bem e ganhando bons jogos. É seguir o que a gente vem fazendo. Estamos com um bom ritmo de jogo, confiança e energia alta, então é colocar tudo isso em prática”, disse o brasileiro.

Soares também está envolvido na chave de duplas mistas. Após triunfarem na estreia, ele e Luisa Stefani vão encarar os anfitriões Matt Ebden e Samantha Stosur nesta terça-feira.

MARCELO MELO – Já Melo e Tecau perderam para o croata Ivan Dodig e o eslovaco Filip Polasek por 2 sets a 0, parciais de 6/4 e 6/3, em 1 hora e 26 minutos, sendo eliminados nas oitavas de final. Agora, então, o brasileiro iniciará uma parceria com o holandês Jean-Julien Rojer. O primeiro torneio deles juntos vai ser o ATP 500 de Roterdã, na Holanda, a partir de 1.º de março.

“O primeiro set acabou dominando o jogo. Poderia ter sido 6/4 para nós, como foi para eles. Questão de uma bola ou outra. Foi de alto nível durante toda a partida. Faz parte, fizemos dois bons jogos. E agora é seguir adiante. Eu passo a jogar com Jean-Julien, a partir de Roterdã”, afirmou o brasileiro.

Na chave de duplas mistas, Melo e a russa Vera Zvonareva estrearam com vitória. De virada, superaram a chinesa Yifan Xu e o argentino Maximo Gonzalez por 2 sets a 1, com parciais de 4/6, 6/3 e 10/7 no match tie-break, em 1 hora e 16 minutos. Seus próximos adversários vão ser a americana Desirae Krawczyk e o britânico Joe Salisbury, nesta terça.

“Na mista, eu tinha jogado uma vez com a Vera já em Wimbledon. E hoje ganhamos um jogo muito difícil. Conseguimos virar depois de perder o primeiro set. No match tie-break também estávamos abaixo, 6-3. Foi legal. Agora amanhã jogamos na quadra grande, na Margaret. Então vamos aproveitar e ir com tudo, quem sabe com mais uma vitória”, afirmou.

Publicidade