27 de fevereiro de 2021 Atualizado 00:17

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Esporte

Seleção masculina vence fácil o Uruguai na despedida do Mundial de Handebol

Por Agência Estado

25 jan 2021 às 13:41 • Última atualização 25 jan 2021 às 13:56

A seleção brasileira masculina encerou a sua participação no Mundial de Handebol com a primeira vitória na competição. Nesta segunda-feira, no Egito, bateu fácil o Uruguai por 37 a 17, tendo ido ao intervalo em vantagem de 18 a 7. O duelo foi válido pela rodada final do Grupo I da segunda fase.

O Brasil entrou em quadra já eliminado do Mundial. Na etapa inicial do torneio, a seleção somou dois empates, contra Espanha (29 a 29) e Tunísia (32 a 32), e uma derrota, para a Polônia (33 a 23). Ainda assim, se classificou em terceiro lugar no Grupo B.

Depois, então, perdeu mais duas vezes, para Hungria (29 a 23) e Alemanha (31 a 24), o que provocou a eliminação antes mesmo do confronto com a seleção uruguaia. Agora, ao menos somou o primeiro triunfo, fechando a participação no Grupo I com três pontos e na quinta colocação entre os seis participantes. Já no Mundial, disputado por 32 seleções, o Brasil foi o 19.º.

No duelo com o Uruguai, José Luciano foi o artilheiro ao marcar sete gols pelo Brasil. Rogério Moraes e Rudolph Hackbarth, ambos com cinco, e Guilherme Torriani e Gustavo Rodrigues, ambos com quatro, foram os outros destaques da equipe no confronto.

A seleção disputou o Mundial desfalcada por casos de coronavírus. A equipe não pôde ser dirigida pelo técnico Marcus “Tatá” Oliveira, que contraiu a doença, assim como não contou com o capitão Thiago Petrus e pelo goleiro Ferrugem. E durante a preparação, ainda perdeu Matheus Francisco e Gabriel Ceretta, ambos cortados por lesão.

Após a participação no Mundial, a seleção vai se concentrar na busca por uma vaga nos Jogos de Tóquio. A equipe participará de um torneio qualificatório de 12 a 14 de março na Noruega. Os adversários vão ser a equipe anfitriã, o Chile e a Coreia do Sul. Os dois primeiros garantem participação na Olimpíada.

Publicidade