28 de setembro de 2021 Atualizado 09:27

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Esporte

Seleção feminina de futebol retoma treinos em busca da ponta do grupo em Tóquio

Por Agência Estado

25 jul 2021 às 15:24 • Última atualização 25 jul 2021 às 16:51

A chave já virou e a caminhada nos Jogos Olímpicos de Tóquio continua. Após o empate contra a Holanda, a seleção brasileira feminina de futebol voltou aos trabalhos pensando no último duelo da fase de grupos contra a Zâmbia. Neste domingo, o grupo deixou a cidade de Sendai em direção a Tóquio. Após a viagem, o time voltou a campo para treinar no Inage Seaside Park.

As titulares da partida de sábado fizeram atividades regenerativas. Já as suplentes realizaram um trabalho de 4 contra 4 em campo reduzido, aperfeiçoando também as finalizações e jogadas de bola parada. “Sempre há muitas coisas que queremos melhorar, talvez alguns gols pudessem ser evitados, mas temos muitos pontos positivos. As meninas que vieram do banco entraram muito bem, deram um gás novo na equipe, e acho que esse é o caminho”, avaliou a atacante Andressinha.

A jogadora analisou o papel do setor em que atua na construção do ataque e também no posicionamento defensivo da equipe comandada pela técnica sueca Pia Sundhage.

“A Pia sempre fala que devemos estar juntas, perto uma da outra, tanto defensiva quanto ofensivamente. A gente que joga no meio tem esse papel de estar envolvida no jogo, se comunicando, quando estamos com e sem a bola. Às vezes, estamos muito pressionadas, então temos que nos falar, identificar as jogadoras que estão em campo no momento. Se é a Ludmila, nós jogamos de uma forma; se é a Bia, de outra. Temos que ajudar a equipe a ler o jogo e, quanto mais nos envolvermos nisso, melhor será para a equipe girar a bola de um lado para o outro e manter cada vez mais a posse”, disse.

Nesta terça-feira, o Brasil encara a Zâmbia, às 8h30 (de Brasília), pela última rodada do grupo F. Um empate garante a equipe nas quartas de final.

Publicidade