03 de março de 2021 Atualizado 23:13

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Esporte

Santos é vice-campeão da Libertadores com escalação inédita de Cuca na final

Por Agência Estado

30 jan 2021 às 20:24 • Última atualização 31 jan 2021 às 07:53

O Santos perdeu a final da Copa Libertadores com uma formação inédita. Neste sábado, na derrota por 1 a 0 para o Palmeiras, no Maracanã, o técnico Cuca colocou em campo uma formação inédita nos, até agora, 60 jogos que o time disputou na temporada 2020.

Isso se deu muito pela escolha mais surpreendente na escalação santista: Sandry. O jovem meia, de 18 anos, foi o escolhido por Cuca para começar jogando para reforçar o seu setor, em detrimento do atacante Lucas Braga, em alteração desfeita durante o segundo tempo. E foi o apenas o seu 11.º jogo como titular na temporada.

Cuca também optou pelo goleiro John ao invés de João Paulo. Eles têm se revezado na meta santista nos últimos meses. E o escalado também foi reserva na maior parte da campanha, tanto que esta foi apenas a 14.ª vez em que ele iniciou uma partida no Santos pela temporada.

Os outros nove jogadores escolhidos por Cuca compuseram a base da equipe durante toda a temporada: Felipe Jonatan, Diego Pituca, Luan Peres, Pará, Soteldo, Marinho, Kaio Jorge, Lucas Veríssimo e Alison, de volta ao time após se recuperar do coronavírus.

O Santos usou outras peças na campanha, como os zagueiro Luiz Felipe e Alison, os meio-campistas Jobson, Jean Mota e Carlos Sánchez, os atacantes Raniel e Arthur Gomes, o lateral-direito Madson.

Alguns jogadores deixaram o clube durante o torneio, como o meia Evandro, o goleiro Everson e o atacante Eduardo Sasha. Além disso, o clube começou a Libertadores sob o comando de Jesualdo Ferreira e teve três presidentes na campanha: José Carlos Peres, Orlando Rollo e, agora, Andrés Rueda.

Vice-campeão da Libertadores, o Santos terminou a sua campanha com 8 vitórias, 3 empates e 2 derrota nos 13 jogos disputados. O time marcou 20 gols e sofreu 10. Teve Kaio Jorge como artilheiro, com 7 gols marcados.

Publicidade