23 de abril de 2021 Atualizado 11:15

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Esporte

Reforço do São Paulo, Eder destaca nova parceria com Miranda e elogia Crespo

Por Agência Estado

28 mar 2021 às 17:23 • Última atualização 29 mar 2021 às 07:30

Reforço do São Paulo para a temporada 2021, o atacante Eder está motivado para iniciar a sua trajetória no clube tricolor. E duas referências também animam ainda o brasileiro naturalizado italiano nesta nova jornada na carreira: a amizade com Miranda e o entusiasmo em poder trabalhar com o treinador argentino Hernán Crespo, que foi seu rival nos campos.

No São Paulo, o atacante retomará a parceria com o zagueiro pelo terceiro clube consecutivo: atuaram juntos na Internazionale e no Jiangsu Sunin. “O futebol nos dá muitos companheiros, mas o Miranda já é um grande amigo. Criamos uma relação muito boa”, revelou Eder, em entrevista ao site oficial do clube tricolor.

“Nossas famílias estão sempre juntas. E estou feliz de poder jogar com ele mais uma vez. Na Itália, conseguimos recolocar a Internazionale na Liga dos Campeões após um longo período. Depois, fomos campeões na China”, afirmou o jogador, que contou os bastidores da sua chegada ao time são-paulino. “Conversei com o Miranda durante as negociações e ele me falou muito bem do São Paulo. Ele é ídolo da torcida, conhece muito bem o clube e tem me ajudado bastante aqui. O Miranda sempre elogiou os torcedores são-paulinos e demonstrou afeto pelo São Paulo”, acrescentou.

No time do Morumbi, Eder também terá a oportunidade de trabalhar com Crespo, que assim como o reforço fez a maior parte de sua carreira na Itália. “Enfrentei o Crespo quando ele estava em Milão e eu ainda era um garoto recém-chegado ao futebol italiano. E reencontrá-lo aqui é uma satisfação enorme”, disse o atleta, que já está integrado ao elenco e se prepara para estrear.

“Os treinos do Crespo são intensos. E se levarmos essa intensidade para os jogos, como ele deseja, vamos conseguir os nossos objetivos. Estou motivado com este início de trabalho no São Paulo e muito confiante”, finalizou o atacante.

Vale destacar que antes de chegar ao São Paulo, Eder defendeu Empoli, Frosinone, Brescia, Cesena e Sampdoria, onde fez cinco temporadas de destaque e chamou a atenção não só da Internazionale, que o contratou no começo de 2016, mas também da seleção italiana.

Dono de dupla nacionalidade, o atacante recebeu a sua primeira convocação para defender a Itália em 2015 e foi titular na Eurocopa de 2016, na França, sob o comando do técnico Antonio Conte – marcou um gol na campanha que terminou com queda nas quartas de final diante da Alemanha.

Publicidade