20 de julho de 2024 Atualizado 18:17

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Esporte

Red Bull Bragantino é eficiente, supera o Atlético-GO e encosta no G-6 do Brasileiro

Por Agência Estado

03 de julho de 2024, às 23h54

O Red Bull Bragantino mostrou pontaria e precisão para aproveitar as chances e construir a vitória por 3 a 1 sobre o Atlético-GO, no Estádio Nabi Abi Chedid, no interior paulista, nesta quarta-feira, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. Resultado que mantém o time de Bragança Paulista na briga pelo G6 na tabela.

Com dois gols de Lincoln e um de Helinho, o Red Bull Bragantino se reabilitou após dois jogos sem vencer e aparece em sétimo lugar, com 22 pontos, empatado com o Athletico-PR, que fecha o G-6 devido ao saldo de gols (5 a 4). Luiz Fernando descontou para o Atlético-GO, que abre a zona de rebaixamento, em 17º, com 11 pontos.

A primeira etapa foi movimentada. Com cinco minutos de bola rolando, Lincoln completou o cruzamento de Eduardo Sasha para abrir o placar. Sasha que gostou de ser garçom. Aos 19, o atacante ajeitou de cabeça para Helinho ampliar o marcador. Antes, o Atlético-GO teve um gol anulado de Alix Vinícius, pelo VAR, por impedimento.

O duelo era bom, com as duas equipes saindo para o jogo e buscando o gol. Após cruzamento, Cleiton saiu mal e Luiz Fernando descontou para os goianos, aos 28. O Red Bull Bragantino não se abalou e, no contra-ataque, fez o terceiro. Henry Mosquera fez bela jogada individual e cruzou para Lincoln marcar seu segundo gol, aos 44.

A segunda etapa começou em ritmo mais lento. O Red Bull Bragantino seguia ofensivo, mas não tinha a mesma pontaria e eficiência. Sasha tentou por duas vezes e parou no goleiro Ronaldo. O Atlético-GO também não obtinha êxito nas suas finalizações, não levando perigo ao gol de Cleiton.

Com o passar do tempo, o time paulista foi ditando ainda mais o ritmo, deixando o duelo sob controle. Quando teve uma leve desatenção, Cleiton salvou em chute à queima roupa de Emiliano Rodríguez. Após o susto, os donos da casa voltaram a ter a posse de bola, chegaram perto de ampliar com Borbas, porém logo depois preferiram reduzir ainda mais o ritmo e administrou a vitória até o apito final.

O Red Bull Bragantino volta a campo no sábado, no duelo paulista contra o São Paulo, no Morumbis, às 20 horas. Já o Atlético-GO atua no domingo, contra o xará Athletico-PR, às 18h30, no Antônio Accioly.

FICHA TÉCNICA

RED BULL BRAGANTINO 3 X 1 ATLÉTICO-GO

RED BULL BRAGANTINO – Cleiton; Nathan Mendes, Pedro Henrique, Luan Cândido e Juninho Capixaba; Jadsom Silva, Lucas Evangelista (Raul) e Lincoln (Gustavinho); Helinho (Vitinho), Eduardo Sasha (Thiago Borbas) e Henry Mosquera (Douglas Mendes). Técnico: Pedro Caixinha.

ATLÉTICO-GO – Ronaldo; Maguinho (Bruno Tubarão), Adriano Martins, Alix Vinicius e Guilherme Romão; Lucas Kal, Baralhas (Alejo Cruz), Roni (Zuleta), Shaylon (Randerson) e Luiz Fernando (Max); Emiliano Rodríguez. Técnico: Anderson Gomes.

GOLS – Lincoln, aos cinco e aos 44, Helinho, aos 19, Luiz Fernando, aos 28 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS – Pedro Henrique e Helinho (Red Bull Bragantino); Maguinho, Bruno Tubarão e Guilherme Romão (Atlético-GO).

ÁRBITRO – Davi de Oliveira Lacerda (ES).

RENDA – R$ 85.730,00.

PÚBLICO – 3.102 torcedores.

LOCAL – Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP).

Publicidade