27 de maio de 2022 Atualizado 15:58

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Esporte

Rafael Nadal chega às quartas do Aberto da Austrália e encara o algoz de Zverev

Por Agência Estado

23 Janeiro 2022, às 09h45 • Última atualização 23 Janeiro 2022, às 11h24

Rafael Nadal já está nas quartas de final do Aberto da Austrália. Disposto a quebrar o jejum e voltar a conquistar um Grand Slam, o que não ocorre desde o US Open de 2019, o espanhol superou o francês Adrian Mannarino e agora desafia o elogiado canadense Denis Shapolanov, que não tomou conhecimento do alemão Alexander Zverev, o terceiro do mundo.

Apesar de ter emplacado uma vitória por 3 a 0, Nadal ficou perplexo com a dura definição do primeiro set. O francês vendeu caro a parcial, decidida por 16 a 14. “Já joguei muitos tie-breaks na carreira, mas não me lembro de um tão longo e tenso como esse”, enfatizou o cabeça de chave 6 após a vitória na Rod Lover Arena por 7/6 (16 a 14), 6/2 e 6/2. “Só ali foi a metade do jogo.”

Acertou em cheio, pois o primeiro set acabou somente após 1h22, enquanto ele levou 1h21 para ganhar os dois sets seguintes, ambos por 6/2 e sem muito trabalho. Nadal teve um set point quando Mannarino sacou em 5/6, mas não aproveitou. Depois, no tie-break, precisou suar bastante após sair com 3 a 0 contra. Ele virou para 6/4 e perdeu duas chances de fechar. O francês também poderia ter definido em outras quatro oportunidades. Nadal definiu no seu sétimo set point.

Perder a batalha desanimou Mannarino, que iniciou o segundo set sofrendo a quebra. Sem forças, perderia ainda o serviço no quinto game. Imponente após o susto, Nadal fez 6/2 e repetiu a dose no set seguinte, no qual até sofreu uma quebra, mas ganhou três serviços do francês e fechou com estilo.

Agora, o espanhol se prepara para uma dura batalha com Denis Shapolanov, cabeça 14 e que não deu chances a Zverev, ganhando por 6/3, 7/6 (7 a 5) e 6/3. O canadense foi bastante elogiado por Nadal.

“Ele está evoluindo seu tênis e os resultados não mentem. Afinal, não é fácil ganhar de Sascha (apelido de Zverev) por 3 sets 0 em uma partida de Grand Slam. Então preciso aproveitar minhas chances contra ele”, avaliou o espanhol. “Se ele for regular e intenso, vai ser muito difícil vencê-lo. Mas estou muito animado, porque estou nas quartas de final e não esperava estar aqui há algumas semanas.”

Quem também continua bem na Austrália é o italiano Matteo Berrettini, outro a ganhar sem sustos neste domingo. O cabeça de chave 7 fez 7/5, 7/6 (7/4) e 6/4 no espanhol Pablo Carreño Busta. Por fim, o francês Gael Monfils se impôs diante do croata Miomir Kecmanovic, ganhando por 7/5, 7/6 (7 a 4) e 6/3.

Publicidade