23 de Maio de 2020 Atualizado 16:04

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Esporte

Presidente da Ponte admite negociar Ivan ‘se aparecer um bom negócio’

Por Agência Estado

08 Maio 2020 às 18:06 • Última atualização 08 Maio 2020 às 18:35

A Ponte Preta já deixou claro que o goleiro Ivan é a sua “mina de ouro”. Até por isso a diretoria não descarta negociar o jogador de 23 anos. Para isso, porém, precisa chegar uma proposta que agrade os alvinegros.

E isso ainda não aconteceu. De acordo com o presidente Sebastião Arcanjo, algumas propostas foram recusadas. Uma delas teria sido de um clube francês, no final de janeiro.

Foram oferecidos cerca de R$ 16,5 milhões, mas a Ponte só estaria disposta a negociar Ivan por mais de R$ 30 milhões. Devido a um acordo com os empresários do goleiro, o clube vai precisar repassar 10% de uma futura negociação.

“O Ivan é nosso principal atrativo. Já recusamos algumas propostas por considerarmos baixas pelo que ele representa hoje e estabelecemos um teto mínimo para vender. Temos a expectativa na retomada do calendário. Se aparecer um bom negócio, vamos fazer”, afirmou o mandatário.

Goleiro titular da seleção olímpica e com duas convocações para a principal, Ivan já foi sondado por alguns clubes europeus e brasileiros, entre eles Corinthians, Flamengo e Palmeiras. O seu contrato com a Ponte vai até o dia 31 de dezembro de 2023.

Revelado nas categorias da Ponte Preta, Ivan teve sua primeira oportunidade como profissional já nos acréscimos de um jogo em 2016, mas só se firmou dois anos depois. Desde então, se tornou titular absoluto. Ao todo, são 111 jogos pelo clube alvinegro.