12 de julho de 2020 Atualizado 20:10

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Esporte

Presidente da Federação Alemã de Futebol propõe limites salarias aos clubes

Por Agência Estado

19 Maio 2020 às 14:45 • Última atualização 19 Maio 2020 às 15:29

Fritz Keller, presidente da Federação de Futebol da Alemanha (DFB, sigla em alemão) propôs limites salariais para ajudar a tornar o esporte mais sustentável. Segundo o dirigente, a pandemia do coronavírus apresentou a oportunidade de implementar reformas para o futuro.

No sábado, a liga alemã se tornou a primeira da Europa a ser retomada após a suspensão do futebol por causa da pandemia da covid-19. Jogadores, técnicos e funcionários foram submetidos a exames completos.

“Temos de aproximar o futebol profissional das pessoas novamente”, disse Keller, em um comunicado no site da federação. “Temos que pensar em um teto salarial. Comissões para consultores de jogadores e enormes quantias de transferências irritam cada vez mais nossa sociedade e deixam nosso amado esporte alienado”, acrescentou o dirigente.

Ele disse que o futebol alemão precisava ser autocrítico, e que a crise por causa da covid-19 “oferece a oportunidade de olhar para o futuro e reposicionar o futebol”. “Vejo o futebol como responsável por contribuir. Testes preventivos em larga escala podem ajudar a conter a pandemia até que uma vacina seja desenvolvida. A política e a ciência devem decidir em favor da prevenção testes, o futebol dará sua contribuição para o sucesso desta medida: com seu poder unificador, popularidade, logística e infraestrutura.”