10 de julho de 2020 Atualizado 09:20

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

+ Esportes

Praia Clube perde de novo e deixa Brasil sem chance de título no Mundial de Vôlei

Por Agência Estado

05 dez 2019 às 12:49 • Última atualização 27 abr 2020 às 11:41

As equipes do vôlei brasileiro já não têm mais chances de brigar pelo título do Mundial Feminino de Clubes, que está sendo realizado em Shaoxing, na China. Um dia após o Itambé/Minas ser eliminado com uma rodada de antecedência da fase de grupos, o Dentil/Praia Clube caiu nesta quinta-feira com a derrota para o Tianjin Bohai Bank por 3 sets a 2, com parciais de 25/21, 25/19, 22/25, 16/25 e 16/14.

O Praia Clube já havia perdido em sua estreia no Mundial, para o VakifBank Istanbul, por 3 a 0. E ainda que o revés para a equipe chinesa no tie-break tenha lhe rendido um ponto, é insuficiente para que o time de Uberlândia tenha chance de classificação no seu compromisso final pelo Grupo B, nesta sexta-feira, às 3 horas (de Brasília), quando terá pela frente o Igor Gorgonzola Novara, da Itália, o líder da chave com quatro pontos e duas vitórias no quinto set.

Após a sua participação na fase de grupos, o time de Uberlândia disputará do quinto ao oitavo lugar do Mundial. É a mesma situação do Minas, que perdeu suas duas primeiras partidas no Grupo A e nesta quinta-feira, a partir das 23 horas, terá pela frente o italiano Imoco Volley pela rodada final da chave.

No duelo com o time chinês, o Praia sofreu com o bloqueio adversário, que fez 12 pontos nesse fundamento, seis a mais do que o time de Uberlândia. E a equipe mineira ainda cedeu 25 pontos em erros, contra 19 das oponentes. Yingying Li foi a maior pontuadora pelas atuais campeãs asiáticas, com 23. Pelo Praia, a dominicana Brayelin Martinez fez 24 pontos e Fernanda Garay marcou 20.