20 de julho de 2024 Atualizado 18:17

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Brasileirão

Palmeiras falha na defesa, mas arranca empate com o Grêmio em Caxias do Sul

Em Caxias, o destaque do jogo foi novamente o jovem Estêvão, que marcou um golaço no segundo tempo

Por Agência Estado

04 de julho de 2024, às 21h08 • Última atualização em 04 de julho de 2024, às 21h19

O Palmeiras teve uma jornada ruim na defesa, com falhas individuais importantes, mas buscou forças para reagir e empatou com o Grêmio por 2 a 2 nesta quinta-feira. Em Caxias, o destaque do jogo foi novamente o jovem Estêvão, canhoto de raro refino técnico que marcou o golaço que decretou o empate na duelo disputado no Centenário.

O empate foi favorável ao Palmeiras pelas circunstâncias, mas ruim considerando a tabela, já que todos seus concorrentes ganharam na rodada. O time de Abel Ferreira tem 27 pontos e perdeu a vice-liderança para o Botafogo, que soma a mesma pontuação, mas está à frente pelos critérios de desempate. O Flamengo lidera com 30 pontos. O Grêmio desperdiçou a oportunidade de deixar a zona de rebaixamento, com 11 pontos.

Estêvão marcou o segundo gol do time paulista na partida – Foto: Cesar Greco / Palmeiras

Prejudicou o Palmeiras a desatenção inicial da equipe, que levou um gol cedo, aos dois minutos, graças a um erro de Marcos Rocha. Com tantos garotos em campo, foi do veterano lateral-direito uma falha boba. Ele perdeu a bola no meio de campo e armou o contra-ataque para o Grêmio, que não desperdiçou a oportunidade. Gustavo Nunes disparou, entrou na área e rolou rasteiro para Pavón abrir o placar.

📲 Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

O Palmeiras dominou o jogo depois de sofrer o gol, mas não foi eficiente na etapa inicial. Perdeu ao menos três chances para empatar por falhas na finalização. Pesaram contra o time paulista a ausência de titulares importantes, como Raphael Veiga, suspenso, e as claras limitações técnicas de alguns que ganharam a chance de ser titular, caso, principalmente de Jhon Jhon. O jovem meio-campista errou quase tudo que tentou, desde passes a dribles.

Estêvão, o mais talentoso em campo, tentou chamar a responsabilidade. Mas seus companheiros não lhe acompanharam. Tentou de fora da área, pela direita, mas os atacantes, sobretudo Rony, viveram infeliz jornada. Mal posicionado, Rony chegou até a bloquear uma finalização de Flaco López.

Siga o LIBERAL no Instagram e fique por dentro do noticiário de Americana e região!

O ataque do Palmeiras não se entendeu e a defesa deu espaços para os gaúchos encontrarem brechas. Além disso, os visitantes erraram muito, também atrás; No segundo tempo, com o time aberto e quatro laterais depois que Abel lançou mão de Mayke e Vanderlan, este que cometeu um pênalti bobo. Cristaldo converteu e aumentou a vantagem gremista.

Ocorre que o Palmeiras acordou depois de levar o segundo gol. Sem Marcos Rocha, um dos piores em campo, e com Dudu em seu lugar, e conseguiu ser eficiente como não havia sido no primeiro tempo e marcou duas vezes em três minutos. Aos 28, Flaco López fez de cabeça após assistência de Mayke que desviou na defesa. Aos 32 entrou em cena um jovem craque.

Faça parte do Club Class, um clube de vantagens exclusivo para os assinantes. Confira nossos parceiros!

Em lance de gênio, Estêvão cortou o marcador, levou para a canhota e acertou um belíssimo chute no ângulo direito de Marchesin. Ele cansou e foi substituído. Depois disso, o Palmeiras continuou no ataque e insistiu até os acréscimos, mas a vitória não veio.

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO 2 X 2 PALMEIRAS

GRÊMIO – Marchesin; João Pedro, Rodrigo Ely (Rodrigo Caio), Kannemann e Reinaldo; Edenilson (Everton Galdino), Carballo e Pepê; Gustavo Nunes (Nathan Fernandes), Pavón (JP Galvão) e Cristaldo (Natã). Técnico: Renato Gaúcho.

PALMEIRAS – Weverton; Marcos Rocha (Dudu), Naves (Vanderlan), Vitor Reis e Piquerez; Fabinho (Mayke), Aníbal Moreno e Jhon Jhon; Estêvão (Caio Paulista), Rony e Flaco López. Técnico: Abel Ferreira.

GOLS – Pavón, aos 2 do primeiro tempo. Cristaldo, aos 23, Flaco López, aos 28, e Estêvão, aos 31 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Naves, Vitor Reis, Rodrigo Ely, Nata e Aníbal Moreno.

ÁRBITRO – Marcelo de Lima Henrique (RJ).

PÚBLICO – 15.689 torcedores.

RENDA – R$ 570.549,00.

LOCAL – Estádio Centenário, em Caxias (RS).

Publicidade