Natação Americana leva 5 atletas para torneio no Rio de Janeiro

Competidores representam a equipe no principal torneio da modalidade do País, a partir desta terça-feira


Foto: Satiro Sodré - SS PRESS - CBDA
Representantes das equipes estiveram reunidos nesta segunda

Em busca de vaga em torneios internacionais, a equipe Natação Americana disputa, a partir desta terça-feira, o principal torneio da modalidade no País: o Troféu Maria Lenk. O grupo está representado por cinco atletas na competição, que se estende até este domingo, no Rio de Janeiro.

Dois deles já têm experiência no Maria Lenk, o Campeonato Brasileiro Absoluto: Murilo Sartori, de 16 anos, e Fabio Santi, 30. Em 2018, Murilo chegou à final e ficou em sétimo lugar nos 200 metros livre. Nesta temporada, ele vai buscar uma medalha, além de classificação para o Mundial Júnior.

Enquanto isso, Santi vai atrás de índice para participação no Mundial Absoluto e nos Jogos Pan-Americanos. Em 2018, no Maria Lenk, ele conquistou o bronze nos 100 m costas. “Ele vai brigar por medalha”, diz Fabio Cremonez, técnico da Natação Americana.

A equipe também conta com os estreantes Gabriela Maria Alves Carvalho, 16, Julio Cesar Covolam, 16, e Vitor Ballan Sega, 14. “O objetivo deles é mais participar, aprender e almejar alguma coisa a mais a cada participação”, afirmou o treinador.

Neste primeiro dia de competição, há a presença de Gabriela nos 200 m livre e 100 m costas, Santi e Julio nos 100 m costas e Murilo nos 200 m livre.

SUL-AMERICANO. Até a última sexta-feira, Vitor estava em ação no Sul-Americano Infanto Juvenil, em Santiago, no Chile. Ele se despediu do torneio com o título no revezamento 4×200 m masculino, na categoria Juvenil A, que reúne atletas de 14 e 15 anos. A seleção brasileira fez o tempo de 7min49s65, novo recorde do campeonato.

Na quarta, Vitor havia sido vice-campeão nos 400 m livre. Ele também disputaria a final dos 1.500 m livre na quinta, mas um problema de saúde o fez desistir da prova. “Ele não se sentiu bem. Estava com desconforto estomacal e gripe”, detalha Cremonez.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora