Nadador de 26 anos morre após se sentir mal durante treino nos EUA

Kenneth To iria representar Hong Kong nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020, no Japão


O nadador Kenneth To, natural de Hong Kong, morreu nesta terça-feira, aos 26 anos, depois de ter-se sentido mal durante um treinamento na Gators Swim Club, na cidade de Gainesville, no estado da Florida, nos Estados Unidos. A causa da morte não foi imediatamente divulgada.

“(To) Sentiu-se mal em um treino e foi levado para o hospital, onde, infelizmente, faleceu”, informou o Instituto dos Esportes de Hong Kong, de onde o nadador era natural e que foi autorizado a representar nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020, no Japão, para os quais estava se preparando. “Ele era uma pessoa muito carinhosa e amigo de todos”, disse o comunicado distribuído pela entidade.

Kenneth To competiu pela Austrália até 2016 e foi medalhista de prata no Mundial de 2013. Ele passava por três meses de intercâmbio na Universidade da Flórida. Ele tem como principais conquistas a medalha de ouro no revezamento 4×100 metros nos Jogos da Commonwealth, em 2014, além da prata no Mundial no 4×100 metros medley em 2013, pela Austrália, onde cresceu.

Em 2016, o nadador voltou a competir por Hong Kong. Ainda garoto, em 2010, conquistou seis medalhas pela Austrália nas Olimpíadas da Juventude, em Cingapura, incluindo o ouro no 4×100 metros medley.

A Federação Internacional de Natação (Fina, na sigla em inglês) expressou um profundo pesar com a morte de Kenneth To. “Dono de recordes nacionais de Hong Kong, Kenneth To era uma referência e um exemplo para os jovens de seu país”, afirmou a entidade.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora