Murilo Sartori conquista o bronze no Mundial Júnior

Americanense se tornou, na Hungria, o terceiro melhor atleta Sub-18 do mundo nos 200 m livre


Acostumado a fazer história em território brasileiro, o americanense Murilo Sartori, de 17 anos, agora também tem um lugar de destaque no cenário internacional. Nesta quarta-feira, o atleta faturou medalha de bronze no Campeonato Mundial Júnior de Natação, em Budapeste, na Hungria.

Ele alcançou a terceira colocação nos 200 metros livre. Até agora, nesta edição do torneio, nenhum outro brasileiro subiu ao pódio. Murilo, aliás, é o único do País, nestes dois primeiros dias de evento, a se classificar para a decisão de uma prova individual.

Foto: Luíza Celidonio
Com a conquista do bronze, o americanense conseguiu se recuperar após ter ficado com a 12ª posição nos 400 m livre

“Essa medalha significa muito para mim. Eu batalhei muito para chegar até aqui, estou muito feliz com ela. É, sim, a conquista mais importante da minha carreira”, comemorou.

De acordo com o nadador, essa façanha o coloca num patamar acima. “Todos os nadadores que, hoje em dia, estão nos mundiais absolutos, se destacando, passaram por essa competição. Então eu acho que, agora, é um começo para mim, que estou entrando mais na ‘vida absoluta’”, afirmou.

Na final dos 200 m, o atleta da equipe Natação Americana se superou. Ele estabeleceu o novo recorde brasileiro da categoria Júnior 1 (composta por nadadores de 17 anos), que já lhe pertencia antes mesmo do Mundial. Murilo completou a prova em 1min47s39, e sua antiga melhor marca era 1min47s75.

Foto: Luíza Celidonio
Por enquanto, Murilo é o único brasileiro a se classificar para a decisão de uma prova individual nesta edição do torneio

O título ficou com Luca Urlando, dos Estados Unidos, com 1min46s97. O segundo colocado foi Robin Hanson, da Suécia, com 1min47s03. Nas eliminatórias, Murilo tinha obtido o quarto melhor tempo, com 1min48s56.

Com a conquista do bronze, o americanense conseguiu se recuperar após ter ficado em 12º nos 400 m livre, nesta terça. Havia uma expectativa de que ele brigasse por medalha nessa prova.

No Mundial, o atleta ainda vai nadar os 4×100 livre misto, nesta quinta; 4×200 m livre masculino, na sexta; 100 m livre, no sábado; e 4×100 m medley masculino, no domingo. Murilo compete acompanhado por Fabio Cremonez, técnico da Natação Americana.

O campeonato, apesar de ser disputado por atletas de até 18 anos, faz parte da caminhada do americanense rumo aos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020, segundo o treinador. “Essa competição é muito importante, porque, nela, demos um grande passo para projetar Tóquio-2020”, disse.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora