11 de agosto de 2020 Atualizado 10:13

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Tênis

Nadal e Djokovic levam Espanha e Sérvia às semifinais da ATP Cup

Por Agência Estado

10 jan 2020 às 13:07 • Última atualização 27 abr 2020 às 12:04

Rafael Nadal e Novak Djokovic cumpriram seus papeis nesta sexta-feira e lideraram Espanha e Sérvia, respectivamente, às semifinais da ATP Cup, em Sydney, na Austrália. O espanhol, número 1 do mundo, foi quem mais sofreu para conduzir sua equipe. Perdeu do belga David Goffin e precisou jogar as duplas para garantir a classificação.

O triunfo dos espanhóis sobre os belgas por 2 jogos a 1 começou com Roberto Bautista aplicando 6/1 e 6/4 em Kimer Coppejans. O resultado parecia encaminhar com facilidade a vitória espanhola. Mas Goffin fez o improvável e empatou o duelo ao superar um irreconhecível Nadal, por 6/4 e 7/6 (7/3). Foi o segundo triunfo do belga em cinco jogos contra o espanhol.

De tão decepcionado pelo revés, o líder do ranking voltou à quadra poucos minutos depois para jogar também a partida de duplas, decisiva. E, desta vez, não desapontou a torcida, apesar de enfrentar nova partida complicada. Com Pablo Carreño Busta, levou um susto no set inicial e também teve dificuldades na segunda parcial contra Sander Gille e Joran Vliegen.

No entanto, buscaram o empate no segundo set e levaram para o match tie-break. Nadal e Busta, então, elevaram o nível de jogo da dupla e fechou por 6/7 (7/9), 7/5 e 10/7.

Mais cedo, também em Sydney, os sérvios superaram os canadenses com mais facilidade, por 3 a 0 no placar geral. No primeiro jogo, Dusan Lajovic bateu Felix Auger-Aliassime por 6/4 e 6/2. E, em seguida, Djokovic precisou de três sets para superar Denis Shapovalov por 4/6, 6/1 e 7/6 (7/4).

Com o confronto decidido, Viktor Troicki e Nikola Cacic ainda bateram Peter Polansky e Adil Shamasdin por 6/3 e 6/2.

Neste sábado, pelas semifinais, a Espanha, atual campeã da Copa Davis, vai tentar confirmar a boa fase diante da embalada anfitriã Austrália, liderada por Nick Kyrgios. Já os sérvios vão cruzar com os russos, de Daniil Medvedev. As equipes vencedoras vão se enfrentar na final, no domingo.