08 de agosto de 2020 Atualizado 20:21

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Futebol

Na véspera da final da Supercopa da Espanha, Zidane diz que se vê melhor técnico

Por Agência Estado

11 jan 2020 às 10:26 • Última atualização 27 abr 2020 às 12:12

O técnico do Real Madrid, Zinedine Zidane, reconheceu que se considera melhor do que antes. Na entrevista coletiva prévia à final da Supercopa da Espanha entre sua equipe e o Atlético de Madrid, o treinador disse que evoluiu na profissão e também como pessoa em relação à sua primeira passagem no clube espanhol, período em que venceu três títulos seguidos da Liga dos Campeões.

“Vejo-me melhor do que na minha primeira etapa e progredindo. Na vida, não só como treinador, aprendemos com as situações e as pessoas à nossa volta. Gosto de ouvir bastante as pessoas que trabalham comigo porque são muito válidas. Isso faz melhorar como treinador e pessoa”, considerou Zidane.

O Real Madrid avançou à final do torneio, que está sendo disputado na Arábia Saudita, após derrotar o Valência por 3 a 1 na última quarta-feira. Zidane não revelou a escalação e nem o esquema tático que vai utilizar na partida.

“Não vou dizer como vamos jogar. Sabemos que o importante é o que é feito na fase ofensiva, e o desenho, que cada um pode interpretar como quiser. Sabemos que temos coisas boas a nível ofensivo e o mais importante é a equipe”, afirmou.

Sobre o rival deste domingo, o treinador francês disse que “muito forte” e chamou a atenção para a maneira como se deu o triunfo por 3 a 2 sobre o Barcelona nas semifinais que colocou o time do técnico argentino Diego Simeone na final.

“É mais complicado e perigoso enfrentar o Atlético de Madrid pela maneira como venceu o Barcelona na semifinal”, disse, se referindo à força do adversário, que marcou dois gols nos minutos finais para vencer o Barcelona de virada. O treinador também elogiou o português João Félix, um dos destaques da equipe de Simeone.

“Não tenho dúvidas de que ele é um jogador do presente e do futuro. Não sei se está entre os três melhores do mundo, isso todos podem comentar. Ele é um jogador muito bom. O Atlético o contratou porque é um jogador do futuro”, avaliou.