01 de março de 2021 Atualizado 21:25

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Esporte

Messi pega suspensão de dois jogos por causa de expulsão na final da Supercopa

Por Agência Estado

19 jan 2021 às 11:46 • Última atualização 19 jan 2021 às 11:55

O Comitê de Disciplina da Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF) anunciou, nesta terça-feira, a suspensão por dois jogos de Lionel Messi, do Barcelona, por ter agredido Asier Villalibre, atacante do Athletic Bilbao na final da Supercopa da Espanha. O lance valeu o primeiro cartão vermelho do craque argentino em jogos do time catalão.

Messi corria o risco de sofrer uma punição de até 12 jogos, mas o comitê não considerou a agressão grave e aplicou uma pena mais branda. Nos últimos momentos da prorrogação do jogo, no qual o Barcelona perdeu por 3 a 2, Messi, após passar a bola para o lado esquerdo, balançou o braço direito e atingiu a cabeça de Villalibre, enquanto corriam em direção à área.

Villalibre imediatamente caiu no chão e, após uma análise do VAR, Messi foi expulso após em 753 jogos no time principal do Barcelona. O astro havia recebido cartão vermelho duas vezes em atuações pela seleção da Argentina. Uma em amistoso de 2005 contra a Hungria e na Copa América de 2019 diante do Chile. Ele também foi expulso uma vez quando jogava pelo time “B” do Barcelona.

O árbitro Gil Manzano escreveu na súmula do jogo que Messi acertou seu oponente com “força excessiva”, enquanto a bola não estava perto dele. Messi vai perder o jogo do Barcelona contra o Cornella, da terceira divisão, na Copa do Rei, e o duelo com o Elche pelo Campeonato Espanhol.

A participação de Messi na final da Supercopa da Espanha era duvidosa por causa de uma lesão, que o deixou de fora da semifinal contra a Real Sociedad, quando o Barcelona venceu em uma disputa de pênaltis.

Messi, que deve deixar o Barcelona ao final da temporada, tem um desempenho discreto com 14 gols marcados, após 22 jogos disputados.

Publicidade