20 de julho de 2024 Atualizado 18:17

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Esporte

Messi falha, Martínez brilha, Argentina bate Equador nos pênaltis e vai à semifinal

Por Agência Estado

05 de julho de 2024, às 00h17 • Última atualização em 05 de julho de 2024, às 08h46

Mesmo jogando mal, a Argentina garantiu vaga na semifinal da Copa América, nesta quinta-feira, ao derrotar o Equador, nos pênaltis (4 a 2), após empate no tempo normal por 1 a 1, em Houston.

Os campeões mundiais agora aguardam o vencedor do duelo entre Venezuela e Canadá, que se enfrentam, nesta sexta-feira, às 22 horas, em Dallas.

Os primeiros 20 minutos foram de domínio surpreendente do Equador, com marcação forte e saída rápida nos contra-ataques. Moisés Caicedo e Enner Valência e revezavam pelas laterais, criando boas oportunidades de gol.

Aos 14 minutos, Sarmiento recebeu de Caicedo pela meia esquerda, fez belo drible e finalizou para bela defesa de Emiliano Martínez. Na sequência, Paez chutou por cima do travessão.

A pressão equatoriana continuou. Aos 16, Valência escapou pela direita e cruzou para Preciado, que não ajeitou bem o corpo para finalizar e perdeu boa chance.

Messi só foi aparecer na partida aos 22 minutos. O craque descobriu Enzo Fernández na esquerda, mas a zaga equatoriana conseguiu se recuperar no lance.

Com o tempo a Argentina foi aumentando o ritmo, enquanto o Equador ficou mais longe da meta de Martinez. Aos 26, Enzo Fernández teve a chance de abrir o placar, mas errou a cabeçada.

Mas o gol da Argentina não demorou a sair. Aos 34, Messi bateu escanteio pela direita, Mac Allister desviou na primeira trave e Lisandro Martínez completou: 1 a 0. Apesar de jogar mau o primeiro tempo, os campeões mundiais terminaram o primeiro tempo em vantagem.

A seleção argentina voltou para a etapa final com forte marcação na saída de bola, impedindo a chegada dos equatorianos. A boa foi disputada de forma mais ríspida e a maio chance ocorreu aos 16 minutos. O juiz marcou pênalti de De Paul, que desviou a bola com o braço dentro da área. Enner Valência deslocou Martínez, mas mandou a bola no pé da trave esquerda.

A perda do pênalti não abateu o Equador, que, mesmo limitado tecnicamente, continuou em busca do empate. Aos 22, Messi finalizou pela primeira vez, mas a bola foi fácil para a defesa de Alexander Domínguez.

De tanto tentar, o Equador conseguiu o empate, aos 45 minutos. Yeboah cruzou e Kevin Rodríguez desviou de cabeça. O lance foi analisado e confirmado pelo VAR. Aos 52, Jordi Caicedo errou a cabeçada e perdeu a chance da virada.

Nos pênaltis, Messi chutou no travessão e Martinez defendeu cobranças de Mena e Minda. Julián Álvarez, Mac Allister, Montiel e Otamendi marcaram para a Argentina, enquanto só Yeboah e Jordy Caicedo fizeram para o Equador.

Publicidade