14 de julho de 2024 Atualizado 16:16

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Esporte

Medina ganha duelo direto com Italo e vai às oitavas em El Salvador; Chumbinho volta em último

Por Agência Estado

07 de junho de 2024, às 08h03

Dois brasileiros melhores classificados na corrida pelo título da atual temporada do Circuito Mundial de Surfe, Italo Ferreira (5º colocado) e Gabriel Medina (12º) caíram lado a lado na quinta bateria de estreia na etapa de El Salvador, em Punta Roca, com o tricampeão levando a melhor e avançando direto às oitavas de final. Em sua estreia na temporada após sofrer acidente grave em dezembro, João Chianca, o Chumbinho, terminou em último na bateria e foi para a repescagem. Já Yago Dora também ganhou a sua bateria e está nas oitavas de final.

No feminino, Tatiana Weston-Webb também ficou em segundo em sua bateria. A brasileira disputou a repescagem ainda nesta quinta-feira e se garantiu nas quartas de final ao superar a americana Sawyer Lindblad por 14,43 a 10,33.

Os brasileiros travaram bela batalha pessoal, com o italiano Leonardo Fioravanti terminando em último. Vencedor em Teahupoo, no Taiti, na etapa anterior, Italo Ferreira ainda tentou uma virada no fim, mas acabou não completando a última manobra e terminou com 13,93 pontos, diante de 15,40 de Medina. Fioravanti fez 13,37.

“Não tinha muito o que fazer. É igual no Taiti, quando o mar está devagar, é selecionar as ondas. Eu fiquei bastante com a prioridade e selecionei no final, sabendo que qualquer um poderia pegar uma onda boa”, afirmou Medina, revelando que as ondas estavam fracas e que a disputa foi apertada.

Medina começou melhor e cravou logo duas boas ondas, com 7,50 na primeira tentativa e um 7,90 na segunda, que seriam definitivos para a vitória. As manobras iniciais também foram as melhores de Italo, com 7,00 e 6,93. Ele ainda buscou a virada em três ondas, mas todas foram fracas e sem condições de nota alta.

Diferentemente das cinco primeiras etapas do circuito, agora somente o melhor vai direto às oitavas. Italo Ferreira caiu para a repescagem. De volta às disputas e buscando ritmo para Paris-2024, Chumbinho teve uma estreia dura, contra o americano Griff Colapinto e o australiano Ryan Callinan, dois candidatos ao título da temporada.

E, como era previsto, o brasileiro não conseguiu se Import diante dos favoritos e também caiu à repescagem. Colapinto avançou em primeiro na bateria 3, com 14,43 pontos, diante de 10,84 de Callinan e 9,93 do brasileiro.

Já Yago Dora estava na bateria 8, ao lado do havaiano Barron Mamiya e do americano Cole Houshmand. O brasileiro soube aproveitar a sequência das ondas e venceu a disputa com a nota 16.64, superando o rival dos Estados Unidos, que obteve 10.84. No julgamento dos juízes, Mamya somou apenas 5.90.

O primeiro representante do País no mar de Punta Roca foi Tatiana Weston-Webb, terceira no Taiti e que travou bela batalha com a americana Caitlin Simmers. Na repescagem, a brasileira avançou às quartas.

Publicidade