14 de agosto de 2020 Atualizado 11:16

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

+ Esportes

Martine Grael e Kahena Kunze caem para a vice-liderança do Mundial da 49erFX

Por Agência Estado

07 dez 2019 às 10:40 • Última atualização 27 abr 2020 às 11:41

Representado por Martine Grael e Kahena Kunze, o Brasil caiu para o segundo lugar no Mundial de Classe 49er, que está sendo realizado em Auckland, na Nova Zelândia. Com o vento mais leve neste sábado, penúltimo dia da competição, as brasileiras não tiveram um bom desempenho, mas seguem na briga pelo título.

Martine e Kahena fecharam a flotilha de ouro com um 15º e 14º lugar. Os resultados obtidos nas duas regatas do dia fizeram com que a dupla brasileira caísse para o segundo lugar na classificação geral. A liderança foi para as mãos das holandesas Annemiek Bekkering e Annette Duetz, que lideram com um ponto de vantagem em relação à dupla do Brasil.

As norueguesas Naess e Ronningen seguem no ataque. Elas passaram as alemãs Tina Lutz e Susann Beucke e terminaram o penúltimo dia do Mundial na terceira colocação, a apenas 8 pontos dos líderes, que são atuais campeãs mundiais.

Dessa maneira, a regata da medalha na 49erFX, neste domingo, ficará entre Bekkering e Duetz e Martine e Kahenza, que são as atuais campeãs olímpicas, com a dupla da noruega correndo por fora.

Já na classe 49er para homens, Marco Grael e Gabriel Borges pioraram seu desempenho e caíram da 18ª colocação na classificação geral para a 20ª.

Na Nacra 17, o Brasil conta com duas embarcações na disputa. Samuel Albrecht e Gabriela Nicolino melhoraram seu rendimento e pularam da 10ª colocação geral para a sexta posição e têm têm chances de beliscar um pódio. Já João Bulhões e Isabela Swan se mantiveram no 18º lugar.