Vencedor da São Silvestre recebe alta do hospital após passar mal

Atleta garantiu o primeiro lugar ao arrancar nos quilômetros finais e superar o bicampeão da corrida, o barenita Dawitt Admasu


O vencedor da Corrida de São Silvestre, o etíope Belay Bezabeh, recebeu alta e deixou o hospital por volta das 18h desta segunda-feira. Depois de ganhar a corrida em São Paulo pela manhã, passar mal e ser atendido pelos médicos, o atleta ficou algumas horas em observação na Santa Casa, até ser liberado para retornar ao hotel e poder comemorar a vitória na 94ª edição da prova.

O atleta garantiu o primeiro lugar ao arrancar nos quilômetros finais e superar o bicampeão da corrida, o barenita Dawitt Admasu. Bezabeh fechou o percurso de 15 km com o tempo de 45min03s. Ele subiu ao pódio e minutos depois passou mal. Enquanto aguardava para conceder entrevista coletiva, ele disse que estava com dores no peito e com fraqueza, e pediu para receber atendimento médico.

No primeiro instante, um dos auxiliares do etíope improvisou um travesseiro para que o atleta deitasse no chão com mais conforto. Porém, os médicos chegaram e levaram de maca para um dos núcleos médicos da corrida. Bezabeh foi submetido a um eletrocardiograma e, apesar de não ter sido encontrado qualquer sintoma que gerasse preocupação, ele foi transferido a um hospital para exames mais detalhados.

O corredor venceu a São Silvestre pela primeira vez na carreira. No ano passado, ele havia sido o segundo colocado. O melhor brasileiro na prova masculina foi Giovani dos Santos, que chegou em oitavo. Na prova feminina a vitória foi para a queniana Sandrafelis Tuei. A brasileira de melhor resultado foi Jenifer Nascimento, oitava colocada.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora