Seleção feminina bate fácil Camarões na estreia no Pré-Olímpico


A seleção brasileira feminina de vôlei confirmou o seu favoritismo e triunfou na sua estreia em uma das chaves do Pré-Olímpico. Em Uberlândia (MG), no Ginásio Sabiazinho, a equipe não encontrou dificuldades para derrotar Camarões por 3 sets a 0, com parciais de 25/14, 25/13 e 25/16, nesta quinta-feira.

Nesta semana, a Federação Internacional de Voleibol organiza seis quadrangulares intercontinentais pelo mundo, com vagas aos seus vencedores sendo distribuídas para a Olimpíada de Tóquio, sendo que esses torneios são realizados em três rodadas, com as equipes se enfrentando dentro dos grupos.

Em Uberlândia, após Camarões, a seleção vai enfrentar o Azerbaijão, nesta sexta-feira, às 14h15, e a República Dominicana, no sábado, a partir das 10 horas, para tentar assegurar a vaga olímpica.

No confronto desta quinta, o técnico José Roberto Guimarães escalou a seleção com Mara, Macris, Gabi, Tandara, Bia, Lorenne e a líbero Leia. Além disso, utilizou Paula Borgo, Roberta, Amanda, Suellen e Carol, que começou o último set como titular, na vaga de Macris.

Gabi foi a maior pontuadora da partida, com 14 pontos e dois a mais do que Tandara, principal novidade em relação ao time vice-campeão da Liga das Nações, pois ficou longo período afastada das quadras por causa de uma lesão no tornozelo esquerdo. E Estelle Adiana fez 12 pontos para Camarões.

“Foi uma volta feliz. Não tenho palavras para descrever o que estou sentindo. É muita gratidão pelas pessoas que estiveram ao meu lado nessa recuperação”, disse Tandara em entrevista à Rede Globo.

Gabi, aliás, brilhou no primeiro set da partida, assim como o bloqueio. A equipe, porém, oscilou no começo da parcial e encontrou dificuldades para abrir larga vantagem, tanto que vencia por 8 a 6 na primeira parada técnica. Mas depois se impôs, chegando a liderar o placar por 21 a 11, fechando o set em 25 a 14 com um ataque de Tandara.

O segundo set foi fácil desde o início para a seleção brasileira, que forçou o saque, impondo muita dificuldade para a recepção de Camarões. Assim, tinha vantagem de 16 a 7 no segundo tempo técnico e venceu a parcial por 25 a 13 após um ataque de Bia.

O terceiro set foi o mais equilibrado do duelo. Camarões surpreendeu ao liderar o placar no começo, em 3 a 1. A seleção brasileira conseguiu a virada, mas as adversárias se mantiveram na cola por mais tempo, até a equipe deslanchar e fazer 16 a 12. Depois, o jogo ficou tranquilo, com um erro de saque de Adiana sacramentando o triunfo brasileiro em 25 a 16 na parcial e em 3 a 0 na sua estreia no Pré-Olímpico.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora