Jogos Escolares são definidos e escolas da região terão novo recesso

Secretaria da Educação do Estado estabeleceu que os participantes ficarão hospedados em 15 escolas estaduais


Os governos estadual e municipal sanaram as pendências que havia para a realização da final dos Jeesp (Jogos Escolares do Estado de São Paulo) em Americana. A última definição que faltava era sobre os alojamentos.

Nesta terça-feira, a Secretaria da Educação do Estado estabeleceu que os participantes ficarão hospedados em 15 escolas estaduais e que os alunos dessas instituições terão recesso no período de 11 a 20 deste mês. Os Jogos Escolares vão ocorrer entre os dias 10 e 20.

Foto: Marcelo Rocha / O Liberal
Secretaria da Educação do Estado estabeleceu que os participantes ficarão hospedados em 15 escolas estaduais

As unidades escolares são de Americana, Nova Odessa e Santa Bárbara d’Oeste, mas não tiveram os nomes informados. “Cada escola ficará responsável por organizar o seu próprio calendário de reposição. A DE [Diretoria Regional de Ensino] garante o cumprimento dos 200 dias letivos em todas as instituições estaduais envolvidas com o evento”, comunicou a secretaria, em nota.

Por meio de sua assessoria de imprensa, a pasta apontou que a reposição pode ocorrer, por exemplo, em fins de semana, contraturno e períodos pré e pós-aula.

O evento aconteceria na cidade entre 23 de agosto e 2 de setembro. Mas, na véspera da competição, a Selj (Secretaria Estadual de Esporte, Lazer e Juventude) adiou os Jogos alegando ter descoberto fraudes e falhas na licitação do transporte dos estudantes.

No período, os atletas também ficariam alojados em escolas estaduais. Para que os locais ficassem disponíveis, nesse período, houve folga para os alunos dessas unidades. No entanto, não haverá necessidade de reposição dessas aulas, pois os estudantes já tiveram as férias de julho encurtadas.

A Secretaria de Esporte também informou nesta terça-feira ter finalizado a licitação para contratação da empresa que transportará os participantes para Americana. A vencedora foi a PPR.LIVE Digital. De acordo com a pasta, o valor do contrato é R$ 3,3 milhões.

Prejuízo

Segundo a Secretaria de Esportes de Americana, as três empresas contratadas pela prefeitura também aceitaram trabalhar nos Jogos nas novas datas definidas pelo Estado. O município tinha contratado as empresas para a data anterior.

O secretário municipal de Esportes, Osvaldo Klein Neto, o Foca, contou que houve prejuízo com relação à empresa responsável pela alimentação dos atletas. Ele apontou perda de legumes e verduras, que já tinham sido preparadas pela empresa. A contratada vai informar as despesas à prefeitura depois dos Jogos.

“Da nossa parte, tudo que foi pedido a gente fez”, afirmou Foca. Americana receberá a final estadual da categoria Mirim, que será disputada por cerca de 5 mil jovens de 12 a 14 anos.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora