Evandro e Bruno Schmidt perdem disputa pelo bronze da etapa de Doha


Os brasileiros Evandro e Bruno Schmidt ficaram fora do pódio da etapa de Doha do Circuito Mundial de Vôlei de Praia, um evento quatro estrelas disputado no Catar. Nesta sexta-feira, na partida que valia a medalha de bronze da competição, eles perderam para os italianos Nicolai e Lupo, atuais vice-campeões olímpicos, por 2 sets a 0, com parciais de 21/19 e 21/17.

Evandro e Bruno Schmidt fizeram no Catar a estreia internacional em 2020, ano em que vão defender o Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio. E deixaram a competição com uma campanha de quatro vitórias e duas derrotas, além de 560 pontos no ranking do Circuito Mundial e uma premiação de cerca de R$ 37 mil.

Na decisão da etapa de Doha, os poloneses Fijalek e Bryl conquistaram o título com a vitória de virada sobre os mexicanos Josue Gaxiola e Jose Rubio por 2 sets a 1, com parciais de 16/21, 21/19 e 15/11.

Em 2020, Evandro e Bruno Schmidt já haviam vencido a etapa de Maceió (AL) do Circuito Brasileiro. E agora deverão seguir para Cancún, no México, onde será disputada uma etapa do Circuito Mundial entre os dias 25 e 29 – nesta sexta-feira, a Federação Internacional de Voleibol avisou que avaliará caso a caso a realização dos torneios de vôlei de praia por causa da pandemia do coronavírus.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora