‘Em festa’, Americana dá início ao Pan de BMX

Cerimônia de abertura reuniu atletas e autoridades na noite desta quinta-feira, no Teatro de Arena Elis Regina, em Americana


“Americana está em festa”. A frase foi dita pelo secretário de Esportes de Americana, Eudaldo Cardoso, o Paraná, e marca o início do Pan-Americano de BMX. A cerimônia de abertura ocorreu nesta quinta-feira, no Teatro de Arena Elis Regina.

O campeonato movimenta a cidade desde quarta-feira, quando o Complexo Esportivo Ayrton Senna começou a receber os treinos livres. Nesta quinta, as autoridades abriram oficialmente a competição.
O Brasil não sediava o Pan desde 2009. Dez anos depois, o torneio se hospeda na “casa” do ABC (Americana Bicicross Clube), equipe local da modalidade.

Foto: João Carlos Nascimento / O Liberal
Evento foi inaugurado de forma oficial e segue até sábado, quando ocorrem as provas

“Estar como presidente do ABC e poder realizar um evento desse, pode-se dizer no quintal de casa, é um sonho”, disse Allan Jonas Duarte, o Aladin, presidente do ABC.

Segundo Paraná, o campeonato também tende a esquentar a economia do município. Ele apontou que os hotéis da cidade estão lotados.

“Me pediram uma relação, um roteiro de hotéis. Eu passei. Depois, me pediram outra já de Nova Odessa e Santa Bárbara. Significa que movimenta a nossa cidade financeiramente”, afirmou.

O presidente da CBC (Confederação Brasileira de Ciclismo), José Luiz Vasconcellos, destacou o nível dos competidores. Ele citou, por exemplo, a participação da colombiana Mariana Pajón, bicampeã olímpica.

“Tem vários nomes importantes disputando esse evento. Então, isso faz com que o intercâmbio entre os brasileiros [e os estrangeiros] se fortaleça ainda mais em função de estar realizando no Brasil”, declarou.

De acordo com a CBC, o Complexo Ayrton Senna está com “estrutura de primeiro mundo”. O local passou por nova roupagem e recebeu uma área especial de apoio às delegações, zona de convivência, tenda médica, praça de alimentação, entre outros espaços.

Abertura

Na solenidade desta quinta, houve apresentação de dança, com dançarinos “disfarçados” de atletas. Antes do show, eles estavam no meio do público e vestiam camisetas de competição, de diferentes países. Autoridades também deram boas-vindas aos participantes.

O Pan promete reunir 1,2 mil ciclistas de 12 países. Anfitrião, o Brasil é o país com mais pilotos inscritos para o campeonato: 496. As provas acontecem neste sábado e valem pontos para o ranking classificatório para os Jogos Olímpicos de Tóquio-2020.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora