Em Cuiabá, Brasil bate Alemanha no tie-break e segue em 2º na Liga das Nações


Não foi tão fácil como a maioria dos torcedores esperava, por enfrentar um adversário que está nas últimas colocações, mas a seleção brasileira masculina de vôlei venceu mais uma vez na Liga das Nações, a primeira competição na temporada de 2019. Neste sábado, no ginásio Aecim Tocantins, em Cuiabá, o time comandado pelo técnico Renan Dal Zotto derrotou a Alemanha somente no tie-break por 3 sets a 2 – com parciais de 20/25, 25/18, 21/25, 25/17 e 15/13.

Com a vitória, a nona na competição em 10 jogos, o Brasil segue na segunda colocação da fase de classificação, agora com 27 pontos, mas viu a diferença aumentar para o líder Irã, que chegou aos 30 com o triunfo por 3 sets a 0 sobre a Austrália e já se garantiu na fase final, que será em Chicago, nos Estados Unidos, de 10 a 14 de julho. Passam os cinco primeiros colocados, mais o país sede – hoje os outros classificados seriam Rússia, França e Itália.

Neste domingo, a seleção brasileira encerra a quarta e penúltima semana de jogos da fase de classificação, em Cuiabá, contra a Rússia, às 21 horas (de Brasília). No próximo final de semana, no ginásio Nilson Nelson, em Brasília, os adversários serão, pela ordem, França, Canadá e Itália.

Em sua segunda partida pelo Brasil em solo nacional, Leal, cubano naturalizado brasileiro, foi o maior pontuador da equipe de Renan Dal Zotto, com 16 pontos. “Conseguimos ter um pouco mais de calma em alguns momentos determinantes”, disse o levantador Fernando Cachopa. “Queremos sair de Cuiabá com três vitórias”, completou.

Para tentar rodar mais o elenco, o técnico brasileiro foi à quadra neste sábado com um time diferente. Douglas Souza e Maurício Souza começaram entre os titulares. Lucarelli e Lucão foram para o banco de reservas, mas entraram no terceiro set, quando o Brasil via a Alemanha tomar a frente do jogo. Cachopa ganhou mais chances que Bruninho e ajudou o time a vencer o tie-break.

A seleção começou o jogo deste sábado com Bruninho, Wallace, Isaac, Maurício Souza, Leal e Douglas Souza, além do líbero Thales. Entraram Alan, Cachopa, Lucarelli, Lucão, Maurício Borges e Flávio, mais o outro lidero Maique.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora