Com Medina e Filipinho, Brasil terá cinco surfistas nas oitavas em Saquarema


O surfe brasileiro terá cinco representantes nas oitavas de final da etapa do Rio do Circuito Mundial. Nesta sexta-feira, em Saquarema, Gabriel Medina, Filipe Toledo, Michael Rodrigues, Jessé Mendes e Deivid Silva foram os representantes que permaneceram na briga pelo título.

Na última bateria do dia, Medina conseguiu notas 5,67 e 7,33 logo no começo da disputa, chegando a um somatório de 13,00. Ele ainda utilizou a prioridade na onda final para evitar a reação de Jadson André, que terminou a disputa com 10,90. Assim, avançou às oitavas, quando terá pela frente o francês Michel Bourez, que passou por Caio Ibelli por 11,44 a 6,10 na terceira fase.

“Estou feliz por ter ganhado a bateria, mas foi uma pena ter sido contra o Jadson (André), que é um surfista que eu admiro muito”, disse Gabriel Medina. “Ele é muito guerreiro e, por ser um pouco mais velho do que eu, lembro de assistir ele tirando várias notas 10 e vencendo o (Kelly) Slater (na final do CT de Imbituba em 2010). O mar estava um pouco difícil hoje e no final tive que usar a estratégia para garantir a vitória.”

Em outro duelo brasileiro na terceira fase em Saquarema, Filipinho superou Adriano de Souza, o Mineirinho, por 14,26 a 10,27, e terá pela frente o norte-americano Kelly Slater nas oitavas de final. Já Michael Rodrigues passou por Willian Cardoso por 12,06 a 6,20 e medirá forças com o português Frederico Morais, que eliminou Italo Ferreira (13,27 a 7,13).

“Eu tentei um aéreo muito alto no início e acho que teria completado se a prancha não tivesse quebrado. Depois eu consegui achar boas ondas para vencer e quero parabenizar o Adriano (de Souza), porque é sempre um prazer surfar com ele. Como somos os únicos que vencemos aqui em Saquarema, foi, sem dúvida, a bateria que me senti mais nervoso esse ano, porque ele é sempre muito perigoso”, disse Filipinho.

Numa disputa bem acirrada, Jessé Mendes superou o norte-americano Conner Coffin por 11,60 a 11,10 e vai encarar o australiano Julian Wilson nas oitavas de final. Deivid Silva derrotou o havaiano Seth Moniz por 14,83 a 8,33 e se encontrará com o norte-americano Kolohe Andino na próxima fase.

Além disso, Krystian Kymerson, único brasileiro que havia avançado na repescagem, caiu para o havaiano John John Florence (11,83 a 9,24). E Yago Dora foi superado pelo australiano Wade Carmichael (12,37 a 11,40) na terceira fase do evento do Rio.

FEMININO – Na disputa feminina, só foram realizadas as baterias da repescagem nesta sexta-feira em Saquarema. E Taina Hinckel, de apenas 16 anos, avançou, se garantindo nas oitavas de final e se juntando a Silvana Lina e Tatiana Weston-Webb.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora