COI planeja mudar sede da maratona nos Jogos de Tóquio-2020 para evitar calor


O Comitê Olímpico Internacional (COI) revelou nesta quarta-feira que planeja mudar a sede da maratona e da marcha atlética nos Jogos Olímpicos de Tóquio, no próximo ano, em razão das previsões de forte calor durante a competição. O plano é sediar a tradicional prova na cidade de Sapporo, cerca de 800 quilômetros ao norte da capital japonesa.

De acordo com o entidade, na cidade que recebeu os Jogos Olímpicos de Inverno de 1972 os atletas devem encontrar “temperaturas significativamente mais baixas”. A previsão é de que a cidade apresente um clima com “cinco a seis graus centígrados” mais frio do que Tóquio.

A Olimpíada de 2020 será disputada entre 24 de julho e 9 de agosto. Nesta época, no verão do hemisfério norte, há expectativa de forte calor. Para alguns especialistas, os Jogos de Tóquio têm potencial até para se tornar uma das Olimpíadas mais quentes da história,

“Os Jogos Olímpicos são a plataforma na qual atletas podem exibir aquelas performances que só conseguem uma vez na vida. E estas medidas podem garantir as melhores condições para eles darem o seu melhor”, disse o presidente do COI, Thomas Bach.

Diante desta preocupação, o COI criou um painel olímpico para acompanhar as condições climáticas e de temperatura para o período da competição. E vem mantendo contato com a direção das federações das modalidades, principalmente do atletismo. “O grupo de trabalho do COI identificou a maratona e a marcha atlética como os eventos que podem sofrer um particular estresse climático aos atletas”, registrou a entidade.

A mudança de sede, contudo, ainda não foi oficializada. Vai depender de uma avaliação conjunta com a Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF, na sigla em inglês) e também com os detentores dos direitos de transmissão televisiva da Olimpíada.

Antes de iniciar este plano de mudar a sede destas duas provas, o COI já havia definido que a maratona deveria ter sua largada às 6 horas em Tóquio para evitar o calor. Já a marcha atlética de 50km iniciaria às 5h30. No Mundial de Atletismo de Doha, disputado no Catar, entre o fim de setembro e o início deste mês, as maratonas foram disputadas depois da meia-noite, sob uma temperatura de 38 graus centígrados.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora