COI inicia investigação na Aiba e ‘congela torneio de boxe’ para Tóquio-2020

O Comitê Olímpico Internacional (COI) anunciou nesta sexta-feira, em Tóquio, a decisão de "congelar a organização do torneio de boxe"…


O Comitê Olímpico Internacional (COI) anunciou nesta sexta-feira, em Tóquio, a decisão de “congelar a organização do torneio de boxe” dos Jogos Olímpicos de Tóquio de 2020. A entidade vai iniciar uma investigação na controvertida Associação Internacional de Boxe (Aiba, na sigla em inglês).

“Os contatos oficiais entre a Aiba e o Comitê de Organização dos Jogos de Tóquio-2020, a venda de ingressos, a promoção e implementação de uma estrutura de classificação e a finalização do programa de competição estão suspensos”, informou a comissão executiva do COI, por intermédio de um comunicado.

O COI ordenou a abertura de um inquérito na Aiba, que elegeu para a presidência da organização no mês passado o usbeque Gafur Rakhimov, acusado de ser traficante de heroína e de armas.

O Comitê de Investigação da Aiba será presidido pelo sérvio Nenad Lalovic, que será acompanhado pelo porto-riquenho Richard Carrión e da finlandesa Emma Terho.

O COI afirmou que a investigação sobre as finanças, governança e ética podem levar à retirada do boxe do programa dos Jogos Olímpicos. Uma opção seria organizar um torneio olímpico de boxe fora do controle da Aiba.

O ucraniano Wladimir Klitschko, medalha de ouro nos Jogos de Atlanta-1996 e ex-campeão mundial profissional entre os pesos pesados, gravou um vídeo nas redes sociais pedindo ao COI que a organização do boxe em Tóquio seja feita pela Associação Mundial de Boxe (AMB), umas das quatro organizações mais poderosas do pugilismo internacional.

Mauricio Sulaiman, presidente do Conselho Mundial de Boxe, também se colocou à disposição do COI para ajudar a fazer o projeto de uma competição para o boxe na próxima olimpíada.

O boxe faz parte dos Jogos Olímpicos desde Saint Louis-1904, com exceção dos Jogos de Estocolmo, em 1912, devido a uma lei sueca que bania a prática do esporte em seu território. Astros como Muhammad Ali, George Foreman, Joe Frazier, Sugar Ray Leonard, Laszlo Papp, Teófilo Stevenson e Félix Savón foram alguns dos medalhistas de ouro do boxe.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!