Brasil encara All Blacks Maori no jogo ‘mais importante da história’

Com mais de 30 mil ingressos distribuídos, jogo será histórico para os atletas brasileiros da modalidade


Com expectativa grande de público – mais de 30 mil ingressos foram entregues antecipadamente, incluindo cortesias -, o Brasil enfrenta neste sábado os All Blacks Maori, seleção de rúgbi da Nova Zelândia, uma espécie de segunda força do país que é a maior potência da modalidade no mundo. O duelo será no estádio do Morumbi, em São Paulo, às 19 horas, e será histórico.

Primeiramente porque será o recorde de público em uma partida da modalidade no Brasil. Segundo, por se tratar de uma visita inédita e muito aguardada. “É o jogo mais importante do rúgbi brasileiro e tenho certeza de que os jogadores vão dar o máximo”, disse Rodolfo Ambrosio, técnico argentino da seleção brasileira.

Foto: Fotojump / Brasil Rugby / Reprodução
O duelo será no estádio do Morumbi, em São Paulo, às 19 horas, e será histórico

Os jogadores rivais chegaram ao Brasil na última segunda-feira e puderam vivenciar um pouco a cultura local. Fizeram treinos abertos, clínicas e visitaram um projeto social em Paraisópolis, o Rugby para Todos, nesta sexta. “Está sendo muito legal essa nossa primeira vez no Brasil”, afirmou Josh Ioane, uma das revelações dos Maori e que espera uma chance nos All Blacks. “É o meu objetivo”.

Para a partida no Morumbi, uma série de ativações será feita por patrocinadores no estádio em um dia que a estação de metrô São Paulo – Morumbi funcionará em período integral (até 1 hora da manhã) pela primeira vez. A Confederação Brasileira de Rugby (CBRu) vai aproveitar para vender camisetas comemorativas desta partida e o jogo terá até um programa especial apresentando o duelo.

“A relevância dos All Blacks Maori é evidente, em qualquer lugar do mundo que vão. Eles têm um magnetismo único e esperamos que a torcida tenha no Morumbi a mesma energia que foi demonstrada nos últimos dias pelos fãs”, comentou Agustin Danza, CEO da CBRu, lembrando que o jogo terá transmissão do SporTV 2 e também pelo Twitter.

Do outro lado, o técnico Clayton McMillan sabe que a sua equipe é favorita para o encontro, mas tem certeza de que a partida vai muito além do resultado em campo. Ele sabe que ver os melhores do mundo no rúgbi em ação será um espetáculo para a torcida brasileira. “Na Nova Zelândia crescemos com o rúgbi como meio de vida e estamos orgulhosos de como ajudamos a desenvolver a modalidade em outros países”, avisou o treinador.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora