Após título da Superliga, Dal Zotto comanda seleção pela 1ª vez em Saquarema


Já em sua terceira semana de treinamentos para as quatro competições que terá pela frente nesta temporada de 2019, a seleção brasileira masculina de vôlei teve pela primeira vez, nesta terça-feira, a presença do treinador Renan Dal Zotto no Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV), em Saquarema (RJ). Campeão da Superliga Masculina com o Taubaté no último sábado, o técnico iniciou os trabalhos à frente da equipe nacional que se prepara para jogar a Liga das Nações, Campeonato Sul-Americano, Pré-Olímpico e Copa do Mundo.

Já em plena atividade no comando da equipe, Dal Zotto demonstrou estar entusiasmado com o retorno que veio recebendo dos assistentes Marcelo Fronckowiak e Ricardo Tabach, que estiveram à frente do trabalho enquanto o treinador disputava a fase final da Superliga. Já focado no futuro, destaca que, apesar do calendário extenso, o grupo brasileiro sempre é cobrado por resultados.

“Independentemente da competição, o Brasil sempre entra como um dos favoritos. Temos que assumir essa posição e tentar vencer em todas as competições. Essa é a ideia sempre e é assim que tocamos o dia a dia aqui dentro do CDV. O espírito é estar entre os melhores e, por isso, os treinamentos acontecem diariamente muito fortes”, disse.

No entanto, o comandante da seleção brasileira sabe que é preciso priorizar quando se trata de uma temporada onde há um foco principal, que, desta vez, é garantir a classificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio-2020, no Japão.

“A Liga das Nações é uma competição importante do calendário internacional, mas esse ano o nosso principal objetivo, claro, é a classificação olímpica. Teremos pela frente uma etapa bastante perigosa porque classifica somente uma seleção nessa fase. Então, o foco vai estar total ali. Por isso, vamos valorizar, claro, a Liga das Nações, mas ela vai ser parte do treinamento para chegarmos na melhor condição possível ao Pré-Olímpico”, afirmou Dal Zotto.

A seleção inicia a temporada de 2019 com a Liga das Nações, na qual estreia no próximo dia 31. Depois terá o Pré-Olímpico entre 9 e 11 de agosto, na Bulgária; o Campeonato Sul-Americano, de 11 a 15 de setembro, no Chile; e a temporada será encerrada na Copa do Mundo, no Japão, de 1.º a 15 de outubro.

“Apesar do pouco tempo de treinamento, todos chegam em uma boa condição física – tecnicamente sabemos que são jogadores espetaculares – e rapidamente conseguiremos colocar todos em um nível bastante homogêneo para chegarmos fortes já nessa primeira etapa, na Polônia”, concluiu Dal Zotto, confiante para dar início à programação de campeonatos.

Foram convocados para esta temporada os levantadores Bruninho, Carísio, Fernando Cachopa e Thiaguinho; os opostos Wallace, Alan, Felipe Roque e Rafael Araújo; os centrais Lucão, Otávio, Flávio, Matheus, Isac e Maurício Souza; os ponteiros Leal, Lucarelli, Lucas Lóh, Douglas, Honorato, Kadu, Rodriguinho e Maurício Borges; e os líberos Maique e Thales.

O primeiro compromisso da seleção masculina neste ano será em Campinas (SP), na próxima semana, onde irá enfrentar o Canadá nos dias 22 e 24. O primeiro desafio será às 22 horas e o segundo, às 21h30 – ambos no ginásio do Taquaral.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora