10 de agosto de 2020 Atualizado 19:41

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Esporte

Lenda da NBA, Ewing recebe alta hospitalar após ser internado com coronavírus

Por Agência Estado

25 Maio 2020 às 20:14 • Última atualização 25 Maio 2020 às 20:51

O ex-jogador da NBA Patrick Ewing, atual treinador da equipe de basquete da Universidade de Georgetown, recebeu alta hospitalar e agora vai se recuperar da covid-19 em sua residência, revelou o seu filho nesta segunda-feira.

Membro do Hall da Fama do Basquete, Ewing, de 57 anos, brilhou pelo New York Knicks na NBA. Ele havia anunciado na última sexta-feira que tinha sido diagnosticado com o coronavírus, tendo sido internado em um hospital.

Três dias depois, Patrick Ewing Jr. publicou no Twitter que a saúde de seu pai melhorou após ele receber tratamento e agradeceu aos médicos e enfermeiros que cuidaram dele durante o período em que ficou hospitalizado. Ele também agradeceu o apoio recebido pelo seu pai desde o surgimento da notícia.

“Meu pai já está em casa e continua melhorando. Seguiremos monitorando seus sintomas e nos apegando às diretrizes do CDC (Centros Controle e Prevenção de Doenças). Espero que todos sigam se cuidando e protegendo a si e a seus entes queridos”, escreveu.

Como jogador, Ewing ajudou Georgetown a vencer o campeonato da universitário da NCAA em 1984 e chegou a duas outras finais. Ele foi a primeira escolha no Draft de 1985 da NBA pelos Knicks. O ex-jogador levou o time à final em 1994, tendo perdido para o Houston Rockets de Hakeem Olajuwon. E disputou 17 temporadas na liga, sendo 15 pelo time de Nova York. Pela seleção dos Estados Unidos, foi medalhista de ouro nos Jogos Olímpicos de 1984 e 1992. Desde abril de 2017, dirige a equipe masculina da Universidade de Georgetown, em Washington.