29 de maio de 2020 Atualizado 19:54

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Futebol

Lasmar diz que Blanco treinará no Atlético-MG na retomada das atividades

Por Agência Estado

31 mar 2020 às 22:50 • Última atualização 27 abr 2020 às 11:59

Ainda sem data marcada, a retomada das atividades do Atlético Mineiro deverá contar com uma novidade nos campos da Cidade do Galo. De acordo com Rodrigo Lasmar, chefe do departamento médico do clube, o volante está completamente recuperado das cirurgias realizadas no joelho esquerdo e deverá estar à disposição do técnico Jorge Sampaoli na reapresentação do elenco.

Lasmar lembrou que Blanco já havia sido liberado para realizar alguns trabalhos antes da pausa das competições em função da pandemia do coronavírus – o último jogo do Atlético-MG foi em 14 de março.

“O Blanco vem em uma fase final de recuperação. Se não tivéssemos essa parada devido ao coronavírus, ele já estaria treinando junto ao grupo. Na semana que antecedeu o encerramento das atividades no CT, ele estava finalizando conosco todo o trabalho”, afirmou, explicando que o jogador estaria treinando sem restrições não fosse essa pausa.

“Na semana seguinte, ele já estaria sendo entregue à preparação física e posteriormente ao treinador para ficar à disposição. Ele já vem fazendo um trabalho físico bem intenso, então a questão física não deve ser um grande problema. Nós acreditamos que assim que terminar essa interrupção, o Blanco já esteja à disposição para se juntar ao grupo do Sampaoli”, acrescentou o médico em entrevista à TV Galo, o canal no YouTube do clube.

Blanco não entra em campo desde junho de 2018. Desde então, precisou passar por duas cirurgias no joelho esquerdo, realizadas em julho de 2018 e fevereiro do ano passado. Ele chegou ao clube em junho de 2017 e se tornou titular absoluto no primeiro semestre de 2018, quando o Atlético chegou a liderar o Campeonato Brasileiro. Seu contrato é válido até dezembro de 2022.

O elenco do Atlético inicia nesta quarta-feira um período de 20 dias de férias coletivas. A retomada das atividades, no entanto, é uma incógnita por causa do surto do coronavírus no Brasil.