15 de junho de 2021 Atualizado 19:21

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Esporte

Italo Ferreira e Filipe Toledo abandonam, e Brasil se despede do ISA Games

Por Agência Estado

02 jun 2021 às 17:10 • Última atualização 02 jun 2021 às 17:38

Assim como Gabriel Medina e Tatiana Weston-Webb, Italo Ferreira e Filipe Toledo, únicos brasileiros que haviam continuado na disputa do ISA Games, também decidiram abandonar a competição em El Salvador nesta quarta-feira. Dessa maneira, o Brasil não tem mais representantes no torneio.

Atual campeão mundial, Italo tinha avançado para a quarta fase nas ondas de El Tunco, enquanto Filipinho iria disputar as repescagens. Os surfistas brasileiros precisavam apenas participar do ISA Games para ratificar as suas vagas nos Jogos Olímpicos de Tóquio.

O Mundial em El Salvador serve para definir as últimas 12 vagas para a estreia do surfe em Olimpíada. Dessa maneira, Italo, Gabriel Medina, Tatiana Weston-Webb e Silvana Lima serão os atletas brasileiros na disputa em Tóquio-2020. Filipinho é o primeiro reserva da dupla masculina.

“É o sonho de todo atleta poder representar o seu país na Olimpíada. Vamos ampliar ainda mais o alcance e a potência do surfe e mostrar o nosso esporte ao mundo. Saio daqui de El Salvador com a sensação de dever cumprido e muito feliz com a recepção de todos”, destacou Italo, que iria encarar na próxima fase o australiano Julian Wilson e o francês Jeremy Flores.

Tatiana Weston-Webb e Gabriel Medina abandonaram o ISA Games após estrearem com vitórias em suas baterias. Já Silvana Lima conta com o regulamento a seu favor, pois este permite que atletas em situação extraordinária, como lesão ou infecção por covid-19, não participem da competição e, mesmo assim, carimbem a vaga para os Jogos de Tóquio. Ela foi diagnosticada com a doença pouco antes da disputa.

A delegação brasileira permanecerá em El Salvador até o dia 7 de junho, tirando proveito da boa estrutura no local, onde os surfistas vão realizar treinamentos específicos com a campeã brasileira Júlia Santos e aguardando a plena recuperação de Silvana.

No início do campeonato em El Salvador, a organização do evento revelou que 28 pessoas, entre atletas e oficiais do evento, incluindo Silvana, testaram positivo para o coronavírus. O Mundial segue até domingo em El Salvador.

Publicidade