Wilson é anunciado como reforço do Atlético-MG e já será titular no domingo


O diretor de futebol do Atlético-MG, Rui Costa, confirmou e justificou nesta terça-feira a contratação do goleiro Wilson, do Coritiba. Segundo o dirigente, “seria uma irresponsabilidade” não trazer o profissional, apesar de o elenco do técnico Rodrigo Santana contar com cinco jogadores para a posição.

“Uilson (cirurgia no joelho direito) não joga futebol este ano. Só estará pronto para jogar futebol no ano que vem. Michael (cirurgia no ombro) só estará apto a jogar futebol ano que vem. O Cleiton está sendo convocado e tudo indica, pelas informações que temos, que essas convocações vão ser uma regra. E o Victor (tendinite no joelho esquerdo) vem num processo de transição numa tentativa de voltar em alto nível já há quase 35 dias”, afirmou o dirigente, em entrevista coletiva.

Com contrato por empréstimo até o fim do ano, Wilson, de 35 anos, deve chegar e já ser titular contra o Botafogo, domingo, às 16 horas, no Engenhão, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro.

“Diante desse quadro em que você tinha cinco goleiros, e você tem hoje, neste momento, praticamente um goleiro, que é um jovem que não fez ainda nenhuma partida pelo Atlético (Fernando), nos vimos na obrigação profissional de trazer um goleiro experiente, que pudesse, da maneira mais rápida possível, nos atender neste momento circunstancial”, disse Rui Costa.

O dirigente explicou a escolha por Wilson. “Ele reúne as qualidades de preencher esta lacuna, porque manifestou muita vontade de vir ao Atlético. Ele entende que isso é um crescimento na carreira. Ele atendeu ao nosso pedido de que este contrato fosse de quatro meses. Dificilmente você traria um goleiro do nível dele por um contrato desse período.”

Semifinalista da Copa Sul-Americana, o Atlético-MG é o sétimo colocado no Campeonato Brasileiro, com 27 pontos, mas acumula três derrotas consecutivas. Todas por 1 a 0 para: Athletico-PR, Bahia e Corinthians.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora