Valverde mira Copa do Rei para ‘apagar tristeza’ de queda na Liga dos Campeões


O técnico Ernesto Valverde espera conduzir o Barcelona ao seu quinto título consecutivo da Copa do Rei, neste sábado, diante do Valência, em Sevilha, para “apagar a tristeza pela eliminação nas semifinais da Liga dos Campeões”, na qual foi eliminado de forma surpreendente pelo Liverpool.

“É sempre difícil quando você sofre um solavanco, ao ser eliminado de uma competição. Temos esta oportunidade para conquistar um título. Temos de ir com tudo em busca desta taça que planejávamos desde o início da temporada”, afirmou o treinador catalão, em entrevista coletiva nesta sexta-feira.

Valverde admitiu, no entanto, que será um jogo complicado. “Sabemos como é difícil porque vamos jogar contra um rival que terminou o campeonato em grande forma, e os dois jogos que tivemos contra eles foram dois empates”, disse o comandante, que se recusou a falar de uma possível demissão, caso seja derrotado. “Eu não penso nisso, a única coisa que me preocupa é ganhar neste sábado.”

Valverde também definiu nesta sexta-feira a lista dos relacionados para a decisão, que conta inclusive com os brasileiros Arthur e Philippe Coutinho e o português Nélson Semedo, que ainda não tiveram alta médica. Marc André ter Stegen, Luis Suárez, Ousmane Dembélé, Prince Boateng e Rafinha Alcântara, todos machucados e fora da decisão, também integram a delegação que vai viajar até Sevilha na manhã deste sábado (no horário local).

Tido como dúvida do Barça para a final, Philippe Coutinho se machucou na vitória sobre o Getafe, por 2 a 0, no Camp Nou, pela 37ª rodada do Campeonato Espanhol. Exames apontaram que o atleta sofreu um alongamento de um músculo da perna esquerda. O meia, que não atravessa uma boa fase, voltou a treinar normalmente com o elenco do time catalão na quarta-feira, ao lado do compatriota Arthur, também recuperado de lesão.

Já o goleiro alemão Ter Stegen não vai estar presente na decisão da Copa do Rei por causa de dores no joelho direito. Ele foi confirmado como desfalque para a final também na última quarta-feira.

Maior ganhador desta competição, o Barcelona soma 30 taças, contra 24 do Athletic Bilbao e 19 do Real Madrid. O Valencia contabiliza sete conquistas do torneio e 16 participações em finais.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora