Torcida do Cruzeiro protesta e picha muros da Toca da Raposa: ‘Fora parasitas’


Com o time seriamente ameaçado de ser rebaixado pela primeira vez na história à Série B do Campeonato Brasileiro, os dias não têm sido fáceis para os jogadores e comissão técnica do Cruzeiro. Revoltada com a situação, torcedores não têm poupado críticas e ocasiões para protestar. Nesta quinta-feira, foi a vez dos muros da Toca da Raposa, o CT cruzeirense em Belo Horizonte amanheceu pichado.

Frases como “Fora parasitas”, “Fora verme”, o “O Cruzeiro é gigante” e “Fora Sevandijas”, que é sinônimo de parasita e vermes, foram escritas e rapidamente apagadas por funcionários do clube durante a manhã, no mesmo horário que o time realizava um treinamento visando a partida contra o Santos, neste sábado, na Vila Belmiro, pelo Brasileirão.

A manifestação desta quinta-feira aconteceu um dia depois de uma organizada do Cruzeiro invadir uma festa de aniversário da esposa de Dedé onde estavam alguns jogadores do elenco celeste. No evento, um vídeo do zagueiro, recém operado do joelho direito, dando uma “sarrada no ar”, repercutiu.

Em campo, a exemplo do que ocorreu na quarta-feira, as únicas ausências no treinamento desta quinta-feira foram Dedé e o meia Rodriguinho, que estão no departamento médico. Apenas o aquecimento dos jogadores foi liberado para a imprensa.

A única ausência certa para a partida é o atacante Pedro Rocha, que cumpre suspensão pelo terceiro cartão amarelo. Ele, que retornou ao time há dois jogos depois de ficar fora por causa de dores no tornozelo, tem sido reserva com o técnico Abel Braga.

No Brasileirão, o Cruzeiro está invicto há 11 jogos, mas são oito empates e apenas três vitórias. O time está em 16.º lugar com 36 pontos, um a mais que o Fluminense, que abre a zona de rebaixamento. “Somente as vitórias tirarão o Cruzeiro dessa situação, então precisamos estar focados nesse pensamento, e o caminho é dentro de campo, trabalhando bastante para tirar o Cruzeiro da situação que se encontra. Estamos incumbidos disso, concentrados e focados”, declarou o volante e capitão Henrique, em entrevista coletiva nhesta quinta-feira.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora