Técnico da Inter de Milão pede apoio da torcida na volta de Icardi ao San Siro

O técnico da Inter de Milão, Luciano Spalletti, está preocupado com a reação da torcida da Inter de Milão no…


O técnico da Inter de Milão, Luciano Spalletti, está preocupado com a reação da torcida da Inter de Milão no retorno do atacante Mauro Icardi ao San Siro, onde a equipe enfrenta a Atalanta neste domingo, às 18 horas (de Brasília).

Depois de ficar afastado de dez partidas – 50 dias sem jogar – da equipe por conta de um desentendimento com a direção do clube, Icardi retornou à Inter na última quarta-feira com um gol na goleada sobre o Genoa por 4 a 0, fora de casa, e deve ser titular novamente contra a Atalanta.

“A Inter é para todos aqueles que a amam e a carregam em seus corações, em particular aqueles que a apoiam. Estou convencido de que, por esse motivo, eles (torcedores) saberão como se comportar. Deve haver a vontade de ajudar a equipe a alcançar um bom resultado e o adversário verá toda a força que temos”, disse Spalletti em entrevista coletiva neste sábado.

O apoio que pediu Spalletti, no entanto, não virá, ao menos por parte dos torcedores que integram a Curva Norte, organizada mais radical da Inter, que emitiu um comunicado dizendo que “quem espera 90 minutos de incentivo ficará desapontado”.

Os torcedores não perdoam a atitude de Icardi, que pediu um aumento significativo para renovar seu contrato com o clube italiano – o vínculo atual é válido até 2021 – depois de, supostamente, ter recebido sondagem do Real Madrid. Segundo a imprensa italiana, o jogador acumulou problemas com o elenco e, por isso, perdeu a braçadeira de capitão.

Com apoio ou não a Icardi, a Inter precisa da vitória no duelo direto por uma vaga na Liga dos Campeões da próxima temporada. O time de Milão é o terceiro colocado, com 56 pontos, e a Atalanta é a quinta, com 51.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!