Taison revela convite de treinador para jogar no Corinthians, mas prefere o Inter


O atacante Taison, do Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, revelou na noite de sábado que foi convidado para jogar no Corinthians em 2020 por Tiago Nunes, novo treinador da equipe alvinegra. O jogador, porém, disse que o clube que pretende defender no Brasil é o Internacional, que o revelou na década passada.

Taison e Tiago Nunes se encontraram no Lance de Craque, jogo beneficente organizado anualmente pelo meia argentino D’Alessandro em Porto Alegre. Segundo o jogador, o ex-técnico do Athletico-PR disse a ele que gostaria de contar com seu futebol no Corinthians, mas ouviu uma resposta não muito animadora do atleta de 31 anos.

“Eu tenho mais um ano no Shakhtar. Tive proposta no meio do ano de um clube da Europa e não me deixaram sair e ir embora. Mas o desejo no Brasil é sempre o Inter”, falou o jogador, que, na verdade, tem mais um ano e meio de contrato. “Eu falei com o Tiago Nunes e ele disse que me pediu lá no Corinthians. Eu agradeci pelo convite. Fico feliz por sempre falarem em mim no Brasil, mas tenho mais um ano de contrato e vou cumpri-lo”.

O vínculo de Taison com o Shakhtar Donetsk se encerrará no meio de 2021 e o atacante acredita que é difícil sair do clube ucraniano antes disso. No sábado, o jogador contou que vê com bons olhos a possibilidade de assinar um pré-contrato com o Internacional, mas isso só poderá ocorrer daqui a um ano.

“Não depende só de um desejo meu. Eu posso assinar (com o Internacional). Não sei se o presidente vai me querer, a diretoria… Há muitas coisas envolvidas. Se o Inter me quiser, assino, sim”, revelou.

Taison defendeu a equipe profissional do Internacional entre 2008 e 2011, ano em que foi vendido para o Metalist Kharkiv, da Ucrânia. No começo de 2013, o atacante se transferiu para o Shakhtar Donetsk, clube que defende até hoje.

Graças às boas atuações com a camisa da equipe de Donetsk, Taison foi convocado para defender a seleção brasileira na Copa do Mundo de 2018, mas não entrou em nenhuma das cinco partidas disputadas pelo time comandado pelo técnico Tite na Rússia.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora